Divulgação

Tem início nesta sexta-feira (6) o período de inscrições para o Processo Seletivo Simplificado promovido pela Procuradoria Geral do Estado da Bahia (PGE) para o preenchimento, via Regime Especial de Direito Administrativo (Reda), de 25 vagas da função temporária de Analista de Procuradoria – área de atuação de Apoio Calculista.

Para concorrer, o candidato deve possuir curso superior em Ciências Contábeis, Economia, Administração, Engenharia ou Matemática, reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC). As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet, no site selecao.ba.gov.br, desta sexta-feira (6) até às 23:59 do dia 13 de setembro de 2019 (horário de Brasília/DF).

A jornada de trabalho é de 40 horas semanais e a contratação do candidato aprovado será pelo prazo determinado de 12 meses, com possibilidade de renovação por igual período, uma única vez.

Não poderão ser contratados candidatos que já tiveram 48 meses de contrato REDA com o Poder Executivo do Estado da Bahia, salvo as exceções previstas no art. 82 do Decreto estadual nº 15.805, de 30 de dezembro de 2014.

O processo seletivo será composto de uma única etapa, eliminatória e classificatória, constituída de análise curricular. A avaliação será realizada pela Comissão através das informações prestadas por meio da ficha de inscrição, preenchida através do site e dos documentos apresentados conforme edital de convocação publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) e disponibilizado no site da PGE.

Se você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e seja um assinante - Saiba como!

 

A Avaliação Curricular irá aferir a experiência profissional e cursos de qualificação, atualização, capacitação ou aperfeiçoamento, a partir da análise dos comprovantes submetidos para a Comissão do Processo Seletivo Simplificado.

Os calculistas atuarão em atividades de realização de levantamentos, cálculos e avaliações nos feitos judiciais e extrajudiciais que estiverem sob apreciação da Procuradoria Geral do Estado da Bahia e outras correlatas.

Fonte: ASCOM/PGE

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui