Foto: Tatiana Azeviche

Inaugurado no dia 25 de julho, o Aeroporto Glauber Rocha registra aumento de 80% de chegada de passageiros a Vitória da Conquista e se consolida como portal de entrada para visitantes do Sudoeste e da Chapada Diamantina, dinamizando o turismo da região. Até a primeira quinzena de setembro foram realizados 27 mil desembarques, enquanto no mesmo período de 2018 o total foi de 15 mil.

O equipamento traz nova dinâmica ao fluxo de visitantes para a região, que já avalia novas potencialidades para o desenvolvimento turístico em eventos como o 3º Fórum Conectour, realizado em Vitória da Conquista na última semana. “Com este aeroporto os visitantes da Chapada Diamantina ganham um novo e moderno portal de acesso, impulsionando a atividade turística e gerando emprego e renda”, avalia o secretário estadual do Turismo, Fausto Franco, que participou do evento.

O superintendente local da Socicam – empresa que administra o Aeroporto Glauber Rocha –, Ricardo Alves de Souza, lembra que, com o novo terminal aeroportuário, mudou também o porte das aeronaves que chegam à região, com capacidade para trazer mais passageiros.

O aeroporto antigo da cidade operava com aeronaves ATR-72600, que transportam até 70 passageiros. O novo terminal, que tem pista de 2.100 metros de comprimento e 45 metros de largura, permite o desembarque de aeronaves Embraer 195, com capacidade para 146 passageiros, e o Boeing 737-700, que pode transportar até 136 passageiros.

Atualmente, o aeroporto atende a uma malha diária de nove voos, com destinos diretos para Salvador (operados pela Azul e Passaredo), Confins-MG (Azul), Guarulhos-SP (Gol) e Campinas (Azul).

Se você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e seja um assinante - Saiba como!

 

A partir de 1º de outubro, a cidade será interligada à capital por mais um novo voo operado pela Azul Linhas Aéreas, passando a ter chegadas às 5h55 e às 23h20. Os voos de volta para Salvador serão às 6h20 e às 23h55.

“Com o fluxo atual o aeroporto opera quase 24 horas, com o primeiro voo decolando às 5 horas e o último desembarcando à 1h30”, diz Ricardo Alves. Assim, o movimento no terminal dura até por volta de 2 horas, com o desembarque do último voo, e reinicia por volta das 3h30, com a chegada de passageiros para o primeiro voo.

Estrutura

No Aeroporto Glauber Rocha até cinco aeronaves podem ficar paradas espontaneamente. O terminal de passageiros possui 3.500 metros quadrados e conta com estacionamento de 460 vagas. A sala de embarque comporta 300 passageiros e dispõe de dois sistemas de raio X e duas esteiras de bagagem.

A praça de alimentação conta com duas cafeterias, um restaurante e três locadoras de veículos. A distância do terminal para a cidade de Conquista é de cerca de 16 quilômetros. Para transportar os passageiros, há uma linha de micro-ônibus com saídas a cada 30 minutos, até 23h.

A Socicam mantém 86 funcionários trabalhando na área do Aeroporto Glauber Rocha. Somados a outros funcionários que trabalham no local, o número chega a 250. Há ainda um agrupamento de combate a incêndio formado por 16 bombeiros operando na área, além de policiais militares para a segurança.

Fonte: Ascom/Secretaria de Turismo do Estado (Setur)

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui