Reprodução

Em Caetité já é tradição a Procissão de Francisco de Assis, o santo conhecido como protetor dos animais. Há 34 anos, a procissão é organizada pela igreja Católica e pela família Vilaboas Bonfim. E neste ano, a celebração será no dia 06 de outubro, dois dias após a data destinada para comemoração do padroeiro.

A previsão é que a procissão saia às 9h da Praça Doutor Jairo Pontes, popularmente conhecida com o Parque das Arvores. E em seguida,  percorrerá a rua Barão e finaliza na Praça da Catedral com a “benção aos animais”.

O evento é passado de geração e tem o objetivo de celebrar o padroeiro, como também, subjetivamente, mostrar para à comunidade a necessidade de cuidar dos animais. “Comecei a fazer a procissão na minha adolescência, sou devota e tenho um compromisso com Chico”, pontua Julinda Bonfim, que há anos organiza a procissão.

Em Caetité, algumas polêmicas envolvendo maus tratos de animais repercutiram negativamente. O mais recente foi uma denúncia de que os animais do Canil Municipal de são vítimas de negligência e maus tratos por parte do poder público. Além dessa situação, relatos de abandonados e maus tratos de animais são frequentes.

São Francisco de Assis e os animais

É comemorado em 4 de outubro o dia de São Francisco de Assis, o protetor dos animais e padroeiro da ecologia. Nascido na Úmbria (perto de Assis), Itália, em 1182, seu nome era Francisco Bernardone.

Ele era filho de um rico comerciante de tecidos, teve uma adolescência fútil, vivendo na companhia de boêmios e, por isso, aos 20 anos foi aprisionado. Depois de libertado, voltou à boêmia, porém gradativamente foi sentindo desinteresse pela vida mundana.

A proximidade de Francisco com a natureza sempre foi a faceta mais conhecida deste santo. Seu amor universalista abrangia toda a Criação, e simbolizava um retorno a um estado de inocência, como Adão e Eva no Jardim do Éden. Existe até um exemplo de oração deixada por Francisco para salvar ou encontrar um animal, confira:

São Francisco misericordioso
Peço ajuda para salvar (encontrar) este animal
(Dizer o nome do animal)
Com a plenitude de tua compaixão,
Não permita que ele seja cruelmente tratado,
Nem que permaneça em cativeiro.
Peço ajuda a São Francisco,
Padroeiro dos animais,
Que me ajude a salvá-lo (ou encontrá-lo)
Em qualquer lugar da terra.
Em nome de São Francisco
Que está presente em toda parte,
Guia-me com teus olhos,
Para que possa salvá-lo (ou encontrá-lo).
Cuide para que
(Nome do animal)
Esteja a salvo!
Que assim seja,
Amém.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui