Penitenciária Estadual de Alcaçuz (RN) - Agentes penitenciários da força-tarefa federal e policiais do GOE durante operação de retomada e controle dos pavilhões 4 e 5 (Divulgação / Sejuc - Governo do RN)

A Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária vai permanecer por mais 60 dias em Roraima. A prorrogação consta de portaria do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (1º).

A autorização começa a contar a partir de hoje até 29 de novembro deste ano.

A medida é resultado de convênio de cooperação federativa do MJSP, celebrado entre a União e o estado de Roraima, em 21 de novembro de 2018, conforme a Portaria nº 204, editada pelo ministério.

A portaria estabelece que a atuação da força-tarefa será em caráter episódico e planeja, em apoio ao governo do estado, para exercer atividades e serviços de guarda, vigilância e custódia de presos.

“A operação terá o apoio logístico e a supervisão dos órgãos de administração penitenciária e segurança pública do ente federado solicitante, nos termos do convênio de cooperação firmado entre as partes, durante a vigência da portaria autorizativa”.

Edição: Aécio Amado

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui