17.1 C
Guanambi
13.5 C
Vitória da Conquista

Jovens Aprendizes debatem acessibilidade e atendimento ao público no comércio de Guanambi

- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -




Os Jovens Aprendizes do Serviço de Aprendizagem Comercial (Senac) em Guanambi, realizaram um debate sobre acessibilidade na tarde desta quinta-feira durante as aulas do curso de Assistente Administrativo.

A atividade contou com a participação de cidadãos com necessidades específicas e abordou as dificuldades que pessoas cegas, surdas ou cadeirantes passam quando vão consumir no comércio da cidade devido ao desconhecimento dos comerciários com o atendimento a esse público específico.

Segundo a professora Deicy Mendes, idealizadora do debate, o convite objetivou apresentar aos 81 alunos do programa de Jovens Aprendizes quais são as demandas e reclamações da população com necessidades específicas e como o profissional do comércio pode se preparar para melhor atendê-los.

Divulgação

“Foi uma atividade muito proveitosa para todos nós que participamos. Conhecer esta realidade é de grande importância para os profissionais da empresas, principalmente do comércio ou de outras atividades que envolvem o atendimento ao público. Neste contexto, os nossos jovens aprendizes puderam ouvir e refletir sobre esta demanda muito importante para a inclusão das pessoas que possuem necessidades específicas de atendimento”, disse.

Os convidados relataram suas experiências e dificuldades enfrentadas. Eles pediram mais apoio do poder público no sentido de criar regulamentações para o atendimento e principalmente compreensão da sociedade de um modo geral para que todos possam ter o tratamento digno de consumidor como cidadãos.

Divulgação

Os convidados foram presenteados pelos alunos com lembranças contendo mensagens em Braile e em Libras.

Jovem Aprendiz

Instituído pelo Decreto-Lei nº 8622 de 10 de janeiro de 1946 e atualizado pela Lei nº 5598 de 1º de dezembro de 2005, a Lei de Aprendizagem Comercial (Programa Jovem Aprendiz) tem como objetivo promover a inclusão social e profissional, oferecendo formação técnico-profissional a alunos com idade entre 14 e 24 anos, de acordo com a legislação.

Em Guanambi o Senac ministra cursos para essa finalidade desde 2012, criando oportunidades para o estudante que está iniciando sua carreira no mercado de trabalho e para as empresas que podem qualificar e desenvolver o seu futuro profissional.

As empresas são as responsáveis pela seleção de jovens aprendizes que os encaminha para matricula nos cursos do Programa de Aprendizagem do Senac.

 




- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -