Divulgação / Direcom / Prefeitura de Caetité

Duas pessoas foram atingidas por disparo de arma de fogo durante o percurso do Trio Elétrico que levava o cantor Luiz Caldas, durante o 8º Carnaval da Diversidade e a 33ª Lavagem da Esquina do Padre, em Caetité.

O fato aconteceu por volta das 2h30 deste domingo (26) e os disparos foram realizados por um policial militar no meio da multidão, durante uma discussão com um homem de 33 que  foi atingido na perna. Uma mulher que estava próxima ao local também foi atingida na perna pelo outro disparo.

À Agência Sertão, um folião que passava pela Avenida Santana contou o que viu durante a confusão. “Estava descendo a avenida ao lado de uma amiga quando vimos um homem discutindo com alguns policiais. De repente, escutamos o primeiro tiro e saímos correndo do local, poucos segundos depois aconteceu o segundo disparo. Quando a situação foi controlada, voltamos e vimos a mulher no chão, com um ferimento na perna e o homem algemado sendo levado pela polícia”, conta.

Ainda segundo o folião, um policial pegou a mulher no colo e a tirou do circuito para que ela pudesse receber atendimento médico. Ele afirmou ainda que o homem não aparentava estar armado.

Os dois foram encaminhados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município, onde foram atendidos e medicados. Eles tiveram alta logo pela manhã e passam bem.

Procurado pela Agência Sertão, o Major Cirilo, comandante da 94ª Companhia Independente de Polícia Militar, disse que todos os policiais envolvidos na ocorrência foram ouvidos tanto na delegacia, quanto no quartel.

O comandante disse ainda que será instaurado já nesta segunda um Inquérito Policial Militar e posteriormente um Processo Administrativo Disciplinar para apurar as circunstâncias dos disparos.

Segundo o Major, o policial responsável pelos disparos será afastado das atividades até que o caso seja elucidado. Ele alegou em seu depoimento que efetuou os disparos após entrar em luta corporal com a vítima que teria tentado tomar a sua arma.

Já a vítima alegou que esbarrou sem intenção no policial enquanto curtia a festa, sendo agredido de imediato.

O Major afirmou ainda que foi até a UPA visitar as duas vítimas nesta manhã e se colocar à disposição para qualquer apoio.

 

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui