Reprodução

Querido por muitos brasileiros e preferidinho dos goianos, o pequi ganhou uma repaginada. A Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater) anunciou este ano o fruto sem espinhos.

Foram mais de 15 anos para os cientistas chegarem ao resultado. A muda, que está em fase de conclusão, será disponibilizada no mercado para venda. Atualmente, os 1.500 pés de pequi sem espinhos são cultivados apenas na Estação Experimental Nativas do Cerrado, instalada no Centro de Treinamento da Emater.

Segundo o órgão, o trâmite legal para a comercialização da planta já está em andamento e em breve todos terão acesso a fruta repaginada.

Há 15 anos, um agricultor da cidade de Cocalinho, Mato Grosso, percebeu que um de seus pés de pequi produziam o fruto sem espinhos. O produtor teve então a ideia de reproduzir as mudas daquele pé. Sem sucesso, o agricultor procurou a Emater e apresentou o fruto diferenciado.

A partir de então, o órgão dedicou uma equipe de cientistas a estudar uma forma de reproduzir as mudas do pequi sem espinhos.

Via Sagres Online

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui