Reprodução

O cantor e deputado federal Igor Kannário (DEM-BA) fez ofensas a equipes da Polícia Militar (PM-BA), enquanto eles separavam uma briga na avenida. O episódio aconteceu na última segunda-feira (24), durante passagem de sua pipoca no circuito Osmar (Campo Grande).

Kannário estava em um trio independente e xingou os PMs de ‘bunda mole’. Em seguida, ele fez mais provocações, gerando repulsa e indignação por toda a corporação militar, diretoria da União dos Prefeitos da Bahia (UPB) e populares.

A direção do Instituto de Consulta, Estudos e Pesquisas Militar da Bahia (Iceme-BA), sugeriu um abaixo-assinado que circula nas redes sociais pedindo o fim do exercício parlamentar de Igor Kannário ‘por condutas incompatíveis com o decoro parlamentar’. Uns dos argumentos para o abaixo-assinado é que a condutas  do cantor atingiu diretamente a moral e a prestação de serviço de policiais militares da Bahia.

Foto: Fala Você | Reprodução

O comandante do 17º Batalhão de Polícia Militar, Ten. Cel. Arthur Mascarenhas, indignado com as ofensas convocou todos os oficiais da PMBA a ajuizar ação cível contra o cantor Igor Kannário, por danos morais em virtude  “ao afirmar que se ele fosse assassinado, seria por policiais militares, além de outros impropérios”. 

Mascarenhas disse “em decorrência disso, estarei ajuizando uma ação cível por danos morais no Juizado Especial contra o mesmo”. A ação será através da Associação dos oficiais da Polícia Militar da Bahia, escritório de Vitória da Conquista, sem custos para os associados.

De acordo o comandante, pode até não dar nada essas ações, como pode dar – “mas vai dar muito trabalho pra ele, pois a 1ª audiência de conciliação tem que ter a presença pessoal do réu ou de seu advogado”.

Mascarenhas justifica a convocação afirmando que “se nos calarmos diante dessas ofensas rotineiras, esse indivíduo irá perpetuar suas agressões constantemente”. Ele também encoraja os oficiais revelando que “já tem centenas de oficiais fazendo o mesmo”.

Veja a convocação na íntegra:

Senhores, boa tarde!

No carnaval de 2020 o “Cantor” Igor Kannário ofendeu a honra de todos os policiais militares da PMBA, ao afirmar que se ele fosse assassinado, seria por policiais militares, além de outros impropérios

Em decorrência disso, estarei ajuizando uma ação cível por danos morais no Juizado Especial contra o mesmo.

E uma ação que será ajuizada pela AOPM escritório de Vitória da Conquista, sem custos para seus associados, bastando encaminhar um email para o [email protected] e assinar a procuração e encaminhar cópias de documentos pessoais.

Pode até não dar nada essas ações, como pode dar, mas vai dar MUITO trabalho pra ele, pois a 1a audiência de conciliação tem que ter a presença pessoal do réu ou de seu advogado.

Podemos ajuizar a ação em litisconsórcio de 04 pedindo 10 mil para cada um ou individualmente até o valor de 40 mil.

Já vou manter contato com todos os meus oficiais do 17º BPM (Associados da AOPM) para aqueles que tenham interesse ajuízem a ação também.

Se nos calarmos diante dessas ofensas rotineiras, esse indivíduo irá perpetuar suas agressões constantemente.

Atenciosamente,

Arthur Mascarenhas Fernandes – Ten. Cel. PM

*Com informações do Fala Você

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui