Joana Martins / Agência Sertão

Devido as medidas tomadas pelo prefeitura de Guanambi, após as recomendações da Organização Mundial da Saúde, serviços de bancos, justiça e prefeitura tiveram que readequar o atendimento ao público. Lojas, supermercados e farmácias funcionam normalmente, no entanto, os clientes estão com medo de sair de casa.

Segundo André Moitinho, secretário municipal de Saúde, oito casos suspeitos foram notificados na cidade. Os dois primeiros foram descartados na semana passada e os outros seis aguardam o resultado.

Mesmo sem casos confirmados, medidas estão sendo tomadas para não acontecer um surto da doença no município. Devido a essa preocupação, os bancos, por exemplo, estão permitindo a entrada apenas de três clientes por vez.

A Justiça Eleitoral, Fórum e outros departamentos jurídicos estão com o atendimento ao público suspensos, no entanto, as atividades internas estão sendo realizadas. O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está realizando apenas os atendimentos que estão agendados.

Algumas repartições da prefeitura de Guanambi estão funcionando apenas para serviços internos, como é o caso da secretária de educação e assistência social. Os PSFs e a UPA irão atender apenas pacientes de emergência e pacientes com suspeita de coronavírus. Os exames, cirurgias e consultas agendadas foram suspensas, de acordo com o secretária de saúde.

As aulas da rede pública e privada do ensino fundamental foram suspensas até os próximos 15 dias, contabilizados a partir de hoje.

As aulas do ensino médio e superior também estão suspensas. A da rede estadual foi suspensa pelo prazo de 30 dias e das instituições de ensino superior tem prazo indeterminado.

As clinicas odontológicas, de estéticas e de atendimentos médicos ainda estão funcionando normalmente, no entanto, há possibilidades de fechamentos se houver casos diagnosticados em Guanambi. Segundo informações, esses estabelecimentos estão sendo mais criteriosos com o agendamento para evitar que os pacientes aglomerem nas recepções. Além disso, a limpeza foi reforçada e há álcool em gel acessível para os pacientes.

Mercados, farmácias e lojas estão funcionando normalmente na cidade. Entretanto, o fluxo de pessoas na rua reduziu bastante comparado a ontem. Nas prateleiras não há indícios e desabastecimento, somente o álcool gel que continua escasso.

As academias estão funcionando no horários de costume, sendo permitido apenas 50 pessoas por vez, contabilizando os colaboradores. A higiene e a disponibilidade de álcool em gel foram reforçadas.

Na feira livre, os feirantes afirmaram que vão trabalhar normalmente nos próximos dias e ressaltaram que os alimentos produzidos aqui na região não vão faltar.

Bares, restaurantes e lanchonetes ainda abrem, no entanto, alguns estabelecimentos estão limitando o atendimento ao delivery.

O Lar dos Velhinhos suspendeu as visitas, eventos, e atividades externas dos internos.

A Policlínica Regional de Saúde continuará com o atendimento normal na cidade. Apenas e Feira de Santana os exames e consultas serão suspensos. Em Teixeira de Freiras, serão canceladas as consultadas do município de Prado.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui