Foto: Tiago Marques / Agência Sertão

Apesar dos boatos nas redes sociais, não há casos confirmados do novo Coronavírus na Região. A informação foi confirmada por André Moitinho, secretário municipal de Saúde de Guanambi, em entrevista ao Jornal da Cidade, apresentado pelo radialista Bonny Silva, da Rádio Cultura de Guanambi.

Segundo o secretário, foram notificados oito casos suspeitos na cidade. Destes, dois foram descartados na semana passada e outros dois no início da noite desta quarta-feira (18). Quatro ainda aguardam resultado dos exames. Ele disse ainda que há outros casos em investigação na região.

Em Caetité, três casos suspeitos foram notificados, sendo que um foi descartado e os outros dois aguardam o resultado. Também há suspeitas sendo investigados em Caculé, Iuiú e Urandi. Em cada uma dessas cidades há um caso suspeito.

Moitinho afirmou que as medidas para evitar a proliferação do vírus na cidade estão sendo tomadas. Um decreto publicado nesta terça-feira (17) pelo prefeito Jairo Magalhães suspendeu as aulas e cursos e proibiu a aglomeração de mais de 50 pessoas.

Ele explica ainda que de 80 a 85% dos casos podem receber atendimento em Unidades Básicas de Saúde, já os 15% a 20% restante podem precisar de atendimento hospitalar. Para atender a eventual demanda, as cirurgias eletivas no Hospital Municipal foram suspensas e o local está sendo preparado para hospitalizar possíveis infectados.

Ouça a entrevista:

No centro da cidade e bairros próximos, a rotina começa a ser modificada. Órgãos públicos e prestadores de serviço limitaram o atendimento ao público. Além disso, todas as escolas suspenderam as aulas.

Até às 18 horas desta quarta-feira (18), a Bahia registrou 747 casos notificados com suspeita clínica de infecção pelo novo coronavírus, sendo 28 confirmados nos municípios de Salvador (17), Feira de Santana (5), Porto Seguro (5) e Prado (1). Outros 335 aguardam análise laboratorial e os demais foram descartados. No total, 46 municípios fizeram notificação.

O governo estadual suspendeu as aulas e tomou medidas de isolamento. Até a próxima sexta-feira (20), será proibida a entrada e saída de ônibus das cidades com casos confirmados da doença.

Em todo o país, segundo o Ministério da Saúde, 350 casos foram confirmados.

Atualizado às 20h45 do dia 18/03/2020

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui