Reprodução

O governo Jair Bolsonaro lançou nesta sexta-feira (27) uma campanha nas redes sociais um recado para a população voltar às ruas diante da pandemia de coronavírus. A peça publicitária contraria o que é defendido por cientistas e profissionais da saúde, chefes de Estado e organizações do mundo todo contra a pandemia da Covid-19. A medida ainda é contrária à defesa do isolamento social feita pelo Ministério da Saúde. A campanha “O Brasil não pode parar” reforça que não se pode ‘prender a população’ ativa e com menos de 60 anos em casa e que todos devem voltar ao trabalho.

“Para milhões de pacientes das mais diversas doenças e os heroicos profissionais de saúde que deles cuidam, para os brasileiros contaminados pelo coronavírus, para todos que dependem de atendimento e da chegada de remédios e de equipamentos, o Brasil não pode parar”, narra a peça.

A campanha defende o “isolamento vertical”, postura defendida por Bolsonaro que consiste em isolar apenas os grupos de risco de contágio da doença. Embora ela ainda não seja adotada oficialmente como protocolo de atuação do Ministério da Saúde, responsável pela política pública global do governo contra o coronavírus, o chefe da pasta, Henrique Mandetta, afirmou que iria estudar a nova modalidade.

Confira:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui