Reprodução

Moradores dos bairros Renascer e Santa Rita realizaram um protesto na noite desta quarta-feira (22). Por meio de três faixas fixadas em estacas em uma área reservada para construções institucionais, localizada na rua Monteiro Lobato, os manifestantes mostraram estar indignados com o prefeito Jairo Magalhães (PSD).

O grupo de vizinhos que vem se mobilizando por meio do WhatsApp confeccionou as faixas para chamar a atenção da administração sobre os problemas de infraestrutura dos bairros. No entanto, as faixas ficaram expostas tempo suficiente apenas para tirar as fotos. As impressões foram fixadas por volta das 21h e menos de uma hora depois foi arrancada por um homem que desceu da garupa de uma motocicleta Honda Pop, segundo informações de um morador que liderou o protesto.

O ato reivindica melhores condições de trafegabilidade nas ruas e acessos ao bairro, como pavimentação e instalação das redes de esgoto e drenagem, além de fiscalização em relação a lotes cheios de matos e limpeza de áreas de uso comum. Segundo os moradores, as faixas foram confeccionadas com financiamento coletivo dos moradores e não houve interferência de políticos.

Há menos de duas semanas, fotos de um veículo caído em um vala aberta pela enxurrada em uma das ruas circularam nas redes com mensagens de protesto dos moradores. No dia seguinte, a prefeitura isolou a área interditando parcialmente o trânsito na via. Até esta quinta-feira (23), o problema ainda não havia sido resolvido.

Os moradores dos bairros querem soluções para os problemas que existem desde quando o bairro foi criado, há cerca de 10 anos. O local não é dotado de rede de esgoto e nem de pavimentação, além disso, a iluminação pública é deficiente.

Eles contaram à reportagem da Agência Sertão que fizeram um abaixo assinado há cerca de seis meses, e encaminharam à prefeitura cobrando a solução dos problemas do bairro, no entanto, não obtiveram resposta.

“Temos problemas de todos os tipos por aqui. É lama e buraco em época de chuva e poeira na época seca. Muito mato e muitos insetos e cobras. Ultimamente, com a iluminação precária, o bairro está inseguro e tem aumentado o número de arrombamentos”, disse um morador.

As reclamações sobre situação precária de ruas têm sido contantes em Guanambi. No mês passado, moradores dos bairros Morada Nova e Ipanema fizeram um outdoor para denunciar a situação precária das ruas. No bairro Boa Vista, os moradores fizeram uma faixa para protestar.

Procurada, a Prefeitura de Guanambi disse que irá se manifestar sobre a situação em breve.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui