Reprodução

Diferente do ocorrido em 2016, quando apenas duas forças políticas lançaram candidatura à prefeitura de Guanambi, o cenário de momento aponta para o registro de pelo menos quatro candidaturas nas eleições de outubro.

Fora da polarização Jairo Magalhães (PSD) e Nilo Coelho (DEM), o PT pretende lançar candidatura própria. Os bolsonaristas do Republicanos também anunciaram a formação de uma chapa para a disputa majoritária.

Pelo PT, a pré-candidata é agente comunitária de saúde Marivalda Araújo, conhecida como Valda ACS. Ela foi candidata ao cargo de deputada estadual em 2018, obtendo mais de 23 mil votos pelo PPL. Em Guanambi foram 834 votos.

Valda deixou o PPL e se filou ao PT no ano passado. Em setembro, ela foi eleita presidente do diretório municipal do partido após uma eleição acirrada. O diretório nacional do PT diz que quer o maior número possível de candidatos este ano, no entanto, o partido tem o atual prefeito Jairo Magalhães como aliado e como é comum no PT, estas definições costumam ficar a cargo de seus mandatários.

O PT de Guanambi busca aliança com outros partidos ditos progressistas. O PSB, esvaziado pela ida de Jairo Magalhães e de alguns vereadores para o PSD já formalizou apoio. Já o PCdoB, deve continuar apoiando o grupo do atual prefeito.

Já o Republicanos, lançou os nomes de Afonso Almeida como pré-candidato a prefeito e Joscelio Teixeira Magalhães, pré-candidato a vice prefeito. Afonso é de Salvador e reside há 10 anos em Guanambi e nunca concorreu a nenhum cargo no município. Já Joscelio foi candidato a vereador em 2016 pelo PSC, obtendo 77 votos na ocasião.

O partido é formado por parte dos integrantes do grupo Direita Guanambi, criado em 2018 para apoiar Jair Bolsonaro (sem partido) nas eleições daquele ano. Após rachas no grupo, o diretório municipal do Republicanos foi formado, visando a candidatura no próximo pleito eleitoral. O nome do Ten. Cel da reserva da Polícia Miliar Antônio Roberto Pereira Braga foi cotado para a disputa, no entanto, ele não se descompatibilizou do cargo que ocupa à frente da Guarda Municipal de Vitória da Conquista.

O ex-governador Nilo Coelho já se declarou pré-candidato e buscou apoio de vereadores da base do prefeito para compor sua chapa. Já no grupo formado pelo prefeito Jairo Magalhães, pelo deputado federal Charles Fernandes (PSD) e pela deputada federal Ivana Bastos (PSD), ainda não há consenso sobre a candidatura do atual prefeito à reeleição. Os nomes da ex-primeira dama Jailma Fernandes e da própria Ivana Bastos também são cotados para a disputa.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui