Foto: Leitor da Agência Sertão

O exame de um adolescente que faleceu na manhã da última terça-feira (12), no bairro Massaranduba, em Guanambi, deu negativo para o novo coronavírus (Covid-19). O material coletado foi enviado ao Laboratório Central de Saúde Púbica (Lacen/BA), em Salvador. O resultado negativo foi divulgado pelo secretário de saúde de Guanambi, Manoel Paulo no início da noite desta quinta-feira (14).

A vítima de 16 anos foi encontrada morta por familiares em sua residência. A secretaria de Saúde classificou o óbito como suspeito da Covid-19 pelos sintomas relatados por sua mãe, que esteve em Vitória da Conquista recentemente, onde há transmissão comunitária do vírus. Ela vinha sendo monitorada e não apresentou sintomas da doença. Já o rapaz tinha a saúde debilitada, conforme apurado pela Agência Sertão.

Até o momento, a secretaria de Saúde de Guanambi notificou 106 casos suspeitos da doença, sendo que 100 foram descartados. Três exames aguardam resultado e três pacientes com suspeita da doença aguardam coleta de material para análise.

O Brasil alcançou um novo pico de novos casos e de óbitos nesta quinta-feira. Foram 13.944 casos e 844 casos registrados em 24 horas. No total, 202.918 pessoas foram diagnosticadas com a doença e 13.993 pessoas morreram. Segundo o Ministério da Saúde, 79.479 brasileiros infectados pelo coronavírus se recuperaram da doença.

Bahia

A Bahia registra 6.955 casos confirmados de Covid-19, o que representa 32,36% do total de casos notificados no estado. Considerando o número de 1.963 pacientes recuperados e 262 óbitos, 4.730 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19, o que são chamados de casos ativos.

Os casos confirmados ocorreram em 194 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (68,85%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes são Ipiaú (2.310,73), Utinga (2.144,35), Ilhéus (2.045,25) , Itabuna (1.974,46) e Salvador (1.607,74). Na Bahia, 643 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

O boletim epidemiológico registra 10.864 casos descartados e 21.494 notificações em toda a Bahia. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Taxa de ocupação

Na Bahia, dos 1.192 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para Covid-19, 478 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 40,1%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 496 leitos exclusivos para o coronavírus, 254 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 51,2%. Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

Faixa etária

Quanto ao sexo dos casos confirmados, 51,27% foram do sexo feminino. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 26,25% do total. O coeficiente de incidência por 1.000.000 de habitantes foi maior na faixa etária de 80 e mais (87’,56/1.000.000 habitantes), indicando que o risco de adoecer foi maior nesta faixa etária, seguida da faixa de 30 a 39 anos (795,95/1.000.000 habitantes).

Para acessar o boletim completo, com a lista de municípios com casos confirmados, clique aqui.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui