Divulgação

A Prefeitura Municipal de Guanambi, através da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, anunciou que irá publicar edital emergencial beneficiando atores culturais de diversos segmentos para apresentação de projetos via transmissões pela internet.

O anúncio foi feito pelo Prefeito Jairo Magalhães, após reunião, na manhã desta quinta-feira (14), após reunião com integrantes da secretaria de Cultura, Esporte e Lazer e membros do Conselho Municipal de Cultura.

De acordo com o prefeito, serão contemplados 50 projetos de R$ 1.000,00, totalizando o recurso de R$ 50.000,00 para apoiar os talentos que estão com suas atividades paralisadas e em situação de vulnerabilidade social e econômica, devido a pandemia do novo coronavírus Covid-19.

Antes do anúncio, na segunda-feira (11), aconteceu uma audiência do Conselho Municipal de Cultura com o Prefeito Jairo Magalhães com o objetivo de reivindicar políticas emergenciais para a cultura do município.

De acordo com o Conselho, foram feitas reivindicações da classe artística, amplamente debatidas em reuniões anteriores que tinham por objetivo solicitar respostas do gestor municipal frente às dificuldades enfrentadas pela classe diante do cenário de pandemia pela COVID-19.

Nas solicitações foram pedidos – imediato diálogo com o gestor municipal para atendimento e discussão de políticas emergenciais para a cultura do município, nomeação em caráter de urgência de um secretário de cultura para que possa junto aos demais, contribuir para o enfrentamento da crise sanitária no município de Guanambi, mapeamento via inscrição dos artistas locais em dificuldade com comprovada queda em renda devido à pandemia, distribuição de cestas básicas e kits de higiene a estes artistas, criação de renda básica emergencial por três meses a estes artistas, dentre outros.

Ainda conforme o Conselho, diante do extenso contato do Conselho com a Secretaria de Cultura, por meio do ex-secretário Paulo Costa desde o início do mês de abril, parte das solicitações foram atendidas na reunião desta quinta-feira (14) com o Prefeito Jairo Magalhães.

Diante disso, além do edital, ficou definida a realização de um cadastro para distribuição de cestas básicas, para os que estão sem renda em função do isolamento social e paralisação das atividades de música, teatro, produção e etc.

De acordo com a Secretaria de Cultura, os artistas que atuam na área da música, da dança, do teatro ou que desenvolve qualquer outra modalidade cultural, e que não recebem nenhum auxílio social, e necessitam de apoio para alimentação, podem cadastrar-se na Secretaria de Cultura do Município.

A prefeitura informou que a proposta não substitui o Edital 01/2020, elaborado pela Secretaria no mês de março. Pontuou ainda que o Edital Emergencial a ser lançado pela prefeitura, que já se encontra sob análise da assessoria jurídica, tem como finalidade amenizar as dificuldades de setores da cultura que foram duramente prejudicados com a atual crise sanitária.

Mais informações podem ser obtidas por meio do WhatsApp (77) 99815-9535 ou pelo e-mail: [email protected].

A perspectiva da comissão do edital de apoio a projetos artísticos e culturais era lançar o Edital nº 1/2020 em março deste ano, e existia a pretensão de tentar aumentar os apoios e o número de projetos aprovados em 2020 em relação a 2019. No entanto, com a pandemia do coronavírus, a prefeitura suspendeu os repasses de recursos para eventos artísticos e culturais que promovem aglomerações.

Na edição de 2019, foi destinado o valor total de R$120.000,00 para o edital. O montante foi dividido entre quatro categorias e 22 projetos selecionados. Na categoria “A” foram selecionados seis projetos no valor de R$1.900, na categoria “B” nove projetos no valor de R$3.700, na categoria “C” cinco projetos no valor de R$6.560 e na categoria “D” dois projetos no valor de R$10.000.

Veja a íntegra da manifestação de interesse social do Conselho Municipal de Cultura:

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui