Reprodução

Em torno de 600 funcionários de uma fábrica da Azaleia em Itapetinga devem ser demitidos. As dispensas devem começar nesta sexta-feira (29).

Segundo informou o Sindicato dos Calçados de Itapetinga à TV Sudoeste, o motivo principal alegado para as demissões são custos no transporte dos funcionários que moram em outras cidades da região, como Macaraní, Itambé, Itororó, Firmino Alves e Caatiba.

O sindicato ainda afirmou que a empresa negociou as dispensas e disse que vai pagar direitos trabalhistas aos funcionários demitidos. Ainda segundo a representação sindical, um acordo coletivo prevê que serão mantidos os empregos de trabalhadores que queiram residir em Itapetinga ou ir ao trabalho arcando com os custos do transporte. Nestes casos, a empresa também destinaria um ajuda de custo mensal de R$ 140 durante seis meses.

Em nota, a Vulcabras Azaleia confirmou os desligamentos. “Não é segredo que a pandemia está atingindo forte e negativamente a economia e o setor de calçados”, diz trecho da nota.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui