Enterro de vítima da Covid-19 em Salvador (Foto: Divulgação/Bosque da Paz

A Bahia registra 17.626 casos confirmados de coronavírus (Covid-19). Destes, 5.709 pacientes foram considerados recuperados, outros 11.279 continuam com a doença e 638 evoluíram a óbito. Os dados são do último boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Do total de óbitos, 210 ocorreram em pessoas com menos de 60 anos, um terço do total. Entre os mais idosos, 151 tinha entre 60 e 69 anos, 131 entre 70 e 79 anos e 146 tinham mais de 80 anos.

Fonte: Boletim Sesab – 30 de junho de 2020

Já entre os mais jovens, três tinham menos de um ano, dois entre 1 e 4 anos, um entre 10 e 19 anos, oito entre 20 e 29 anos, 30 com idade de 30 a 39 anos, 63 entre 40 a 49 anos e 103 entre 50 e 59 anos.

Entre os pacientes que vieram ao óbito, 118 não apresentavam nenhuma comorbidade. Entre os demais, as comorbidades mais comum foram: Hipertensão Arterial Sistêmica (216), Diabetes Mellitus (215), Doença Cardiovascular Exceto HAS (152), Obesidade (52), Doença Respiratória Crônica (48), Doença Renal Crônica ( 39) e Doenças do Sistema Nervoso (37).

Fonte: Boletim Sesab – 30 de junho de 2020

Além disso, em todo o Estado, 2.556 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. A Sesab não informa quantos evoluíram para o óbito.

Os casos confirmados ocorreram em 297 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (62,09%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Uruçuca (4.922,27), Ipiaú (4.294,27), Itabuna (4.145,89), Salvador (3.733,53) e Itajuípe (3.464,94).

O boletim epidemiológico registra 40.746 casos descartados e 114.157 notificações em toda a Bahia. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17h30 deste sábado (30).

Dos 1.725 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) na Bahia exclusivos para coronavírus, 996 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 58%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 766 leitos exclusivos para o coronavírus, 524 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 68%.

A Sesab ressalta que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) realizou 52.462 exames do tipo RT-PCR, que é o padrão ouro para identificar o genoma viral do coronavírus, no período de 1° de março a 30 de maio de 2020. Estão em análise 3.707 exames.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui