Divulgação / Sesab

A taxa de ocupação dos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) para tratamento da Covid-19 subiu consideravelmente nas últimas horas em Vitória da Conquista. Segundo dados disponibilizados pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), 88% das vagas estão ocupadas nos três hospitais com leitos referenciados na cidade. As informações foram atualizadas na tarde desta quarta-feira (15).

Na prática, há apenas seis leitos disponíveis de um total de 50 disponibilizados para a hospitalização de pacientes que adquirem a forma grave da doença causada pelo coronavírus. Os dados estão disponibilizados no sistema de transparência da Sesab.

Fonte: Sesab

Além dos 338,4 mil habitantes de Vitória da Conquista, os leitos estão disponíveis para regulação de uma população de 1,5 milhão de habitantes dos outros 73 municípios que compõem o Núcleo Regional de Saúde do Sudoeste.

São 20 leitos no Hospital Geral de Vitoria da Conquista (HGVC), 20 no Hospital De Clinica  e 10 no Hospital São Vicente de Paulo. A Sesab chegou a disponibilizar 10 leitos contratados junto ao Hospital IBR, no entanto, o contrato foi encerrado após o órgão alegar irregularidades no início deste mês.

O HGVC esta com 95% de ocupação e o Hospital das Clínicas com 70%. Já o Hospital São Vicente de Paulo está com 100% dos leitos de UTI ocupados. Dos 44 pacientes internados em UTI, 18 precisam do respirador mecânico para se manterem vivos.

Além dos 50 leitos de UTI, a Sesab referenciou 54 leitos clínicos para tratamento de pacientes em casos de menor gravidade. Atualmente são 34 pacientes internados e a taxa de ocupação é de 63%. Oito destes leitos estão referenciados no HOs

Do total de paciente internados nos leitos de referência, apenas 41% estão com diagnóstico confirmado da Covid-19, os demais ainda aguardam os resultados dos exames laboratoriais.

Caso o sistema de saúde da região atinja o colapso e a demanda de pacientes seja maior do que a oferta de leitos, o sistema de regulação pode encaminhar pacientes para Salvador, onde a taxa de ocupação está menor. O principal problema nesse caso é a distância para algumas cidades que pode chegar a quase 1000 quilômetros, o que torna a situação ainda mais difícil para os pacientes debilitados pela doença.

Em todo a Bahia são 2.408 leitos para tratamento da Covid-19, deste total 1.560 estão ocupados. A taxa de ocupação das UTI’s em todo Estado é de 78%. A região Oeste está com a maior taxa, 85%. Assim com a região Sudoeste, o Sul do Estado também tem 88% de ocupação, seguido pelo Extremo-Sul (85%), Nordeste (83%), Leste (78%), Norte (67%),  Centro Leste -(57%) e Centro Norte (20%).

Coronavírus na Região de Saúde Sudoeste

Segundo os dados do último boletim da Sesab, dos 74 municípios da região, 67 já confirmaram 4.198 casos do coronavírus. O coeficiente de incidência por 100 mil habitantes é de 10,84, a região ainda é uma das menos impactadas pela pandemia no Estado.

Até esta terça-feira (14), 63 pacientes internados em hospitais públicos e particulares de Vitória da Conquista evoluíram a óbito, média de três mortes a cada dois dias nos últimos 28 dias.

Vitória da Conquista é município maior número de vítimas fatais, 23 até agora. Itapetinga tem a maior taxa de mortalidade pela doença. O município de 76,1 mil habitantes já registrou 20 óbitos pela Covid-19.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui