Reprodução

Mais quatro moradores de Vitória da Conquista morrem em decorrência da Covid-19. A informação foi divulgada no início da noite desta terça-feira pela Secretaria Municipal de Saúde. Com isso, aumentou para 42 o número de óbitos ocorridos em Vitória da Conquista.

Somente no mês de julho foram contabilizados 26 óbitos, média de 1,13 por dia. As mortes registradas no mês correspondem a 62% do registrado desde o início da pandemia. Somente nesta semana foram confirmados 15 óbitos por Covid-19 entre habitantes da cidade.

Os pacientes tinham idade entre 44 e 78 anos. A mais jovem, uma mulher de 44 anos, não tinha comorbidades. Mais um óbito ocorrido no município em paciente com suspeita da doença ainda aguarda confirmação laboratorial.

Todos os óbitos confirmados ocorreram nesta quarta-feira (22). Dois pacientes estavam no Hospital São Vicente, um no Hospital Geral de Vitória da Conquista e outro no Pronto Atendimento da Unimed.

O 39º óbito foi de um homem de 63 anos, morador do povoado de Itaipu, portador de Diabetes Melito e Hipertensão. Ele foi internado no dia 9 de julho no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), onde veio a óbito no dia 22 de julho.

O 40º óbito foi de um homem de 48 anos, morador do bairro Zabelê, portador de Doença cardiovascular crônica, Hipertensão e Obesidade. Ele estava internado desde o dia 7 de julho no Hospital São Vicente e veio a óbito no dia 22 de julho.

O 41º óbito foi de uma mulher de 44 anos, moradora do bairro Ibirapuera, sem comorbidades. Ela foi internada no dia 20 de julho no Hospital São Vicente, onde veio a óbito no dia 22 de julho.

O 42º óbito foi de um homem de 78 anos, morador do bairro, portador de doença cardiovascular; estava em atendimento domiciliar privado e apresentou piora do quadro de saúde, sendo atendido pelo SAMU 192 e encaminhado para o Pronto Atendimento da Unimed, onde veio a óbito no dia 22 de julho.

O Boletim epidemiológico desta segunda (23), registrou 90 novos casos confirmados de Covid-19. Até agora, foram 1.950 casos confirmados em Conquista, desde o início das notificações, e 1.507 recuperados. Outros 401 pacientes ainda estão com o vírus ativo e seguem em recuperação (30 estão internados e 371 em tratamento domiciliar).

A Secretaria de Saúde investiga ainda 4.638 casos notificados de Síndrome Gripal que aguardam classificação final no e-SUS Notifica, sendo que 3.552 possuem critérios de coleta para exame laboratorial ou Teste Rápido* e 1.086 aguardam resultado laboratorial de exame RT-PCR. Dos pacientes que aguardam classificação, 1.130 apresentam Síndrome Gripal leve e permanecem em tratamento domiciliar, 3.496 recuperaram-se da Síndrome Gripal, 11 estão hospitalizados.

Ocupação de Leitos

Fonte: Sesab

Segundo a atualização mais recente da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), dos 60 leitos de UTI disponível em Vitória da Conquista, 42 estão ocupados e 30 pacientes precisam fazer uso de respirador mecânico para manutenção dos sinais vitais. A taxa de ocupação é de 70%. Deste total, 12 pacientes são do município e o restante dos municípios da região.

Dos 30 leitos disponíveis no HGVC, 20 estão ocupados (67%). Já o Hospital das Clínicas tem 14 pacientes de um total de 20 leitos (70%) e o Hospital São Vicente tem 8 pacientes de um total de 10 leitos (80%)

Já os 75 leitos clínicos têm 44 pacientes, sendo que 20 são de Vitória da Conquista.

Os hospitais de referência ao tratamento da Covid-19 em Vitória da Conquista tratam pacientes de mais 33 município:

  • Jânio Quadros;
  • Ibicuí;
  • Jequié;
  • Firmino Alves;
  • Ubatã;
  • Maetinga;
  • Itapetinga;
  • Cândido Sales;
  • Potiraguá;
  • Carinhanha;
  • Mirante;
  • Itarantim;
  • Ibirapitanga;
  • Poções;
  • Mararani;
  • Caetité;
  • Condeúba;
  • Anagé;
  • Cocos;
  • Jaguaquara;
  • Eunápolis;
  • Itabela;
  • Wenceslau Guimarães;
  • Itororó;
  • Gandu;
  • Iguaí;
  • Malhada de Pedras;
  • Planalto;
  • Nova Canaã;
  • Barreiras;
  • Tanque Novo;
  • Coribe;
  • Itambé.

Clique para conferir o Boletim epidemiológico completo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui