Reprodução

A secretaria de Saúde de Vitória da Conquista divulgou o mais recente perfil semanal de casos e óbitos por Covid-19 no município. Até 31 de julho, 55 conquistenses morreram em decorrência das complicações do coronavírus, neste sábado (1º), mais dois óbitos foram confirmados, totalizando 57 óbitos.

Até o fechamento da publicação da pasta, 9 dos 55 falecimentos eram de pessoas sem nenhum tipo de comorbidade pré-existente.

Entre aqueles que já possuía alguma doença pré-existente antes de contraírem o vírus, a doença cardíaca e hipertensão arterial foram os principais fatores que contribuíram para a evolução de óbitos, 22 no total. Logo em seguida aparece a diabetes, com 20 pacientes que morreram com as complicações da Covid-19. Obesidade foi o fator de influência para outros 8 pacientes.

Fonte: Secretaria de Saúde

Outras doenças também contribuíram para a evolução negativa do quadro clínico dos pacientes – Doença hepática (2), doença pulmonar (3), doença neurológica (3), doença renal (1), gestação de alto risco (1), prematuridade externa (1), tabagismo (1), hipotireoidismo (2) e meloma (1). Em alguns casos, os pacientes possuíam mais de uma comorbidade.

Entre os mortos, 40 tinham mais de 60 anos, 11 tinham entre 40 e 59 anos, 3 tinham de 20 a 39 anos. Um bebê prematuro morreu dias após o parto e após perder a mãe pelas complicações da doença. Foram 34 pacientes do sexo masculino e 21 do sexo masculino.

Dois pacientes morreram em seus domicílios e outros 53 em hospitais da rede pública e privada do município.

Foram 16 óbitos de abril a junho e 39 em julho, o que corresponde a 71% do total. Foram 15 óbitos nesta semana e 16 na semana anterior. Considerando pacientes de outros municípios, 121 mortes por Covid-19 ocorreram em Vitória da Conquista segundo a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab). O número é ainda maior, pois alguns óbitos ainda não foram contabilizados.

Dois óbitos neste sábado

Mais dois pacientes diagnosticados com Covid-19 faleceram, neste sábado (1º), em Conquista. Com isso, já foram registrados, até o momento, 57 óbitos de moradores do município. Outros cinco foram a óbito por suspeita de contaminação pela Covid-19 – esses casos aguardam o resultado da investigação laboratorial.

O 56º óbito foi de um homem de 89 anos, morador do bairro Cruzeiro, portador de Diabetes Melito e Hipertensão. Ele foi internado no dia 23 de julho no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), onde veio a óbito no dia 1º de agosto.

Já o 57º óbito foi de uma mulher de 73 anos, moradora do bairro Kadija, portadora de Doença cardiovascular crônica, Doença renal crônica e Hipotireoidismo. Ela estava internada no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC) desde o dia 18 de julho, onde veio a falecer no dia 1º de agosto.

Fonte: Secretaria de Saúde

Mais 57 pessoas testaram positivo para a Covid-19 nas últimas 24 horas. totalizando 2.572 casos confirmados da doença no município, desde o começo das notificações, em fevereiro. Destes, 2.131 pacientes já estão recuperados da doença e 384 estão em recuperação (43 internados e 341 em tratamento domiciliar).

Ainda seguem sob investigação e aguardam classificação final, 4.184 casos de pacientes notificados com suspeita de Síndrome Gripal/Covid-19, dos quais: 3.880 possuem critérios de coleta para exame laboratorial ou Teste Rápido* e 304 aguardam resultado laboratorial de exame RT-PCR.

Do total de pacientes em investigação, 2.970 recuperaram-se da Síndrome Gripal, 1.189 apresentam sintomas leves de Síndrome Gripal e permanecem em tratamento domiciliar. Outros 20 pacientes estão hospitalizados ainda sem diagnóstico confirmado.

Ocupação leitos

Fonte: Sesab

A rede SUS de Vitória da Conquista dispõem de 70 leitos de UTI exclusivos para o tratamento da Covid-19.

Segundo a última atualização da Secretaria de Estado de Saúde da Bahia (Sesab), há 49 pacientes internados nas UTI’s e a taxa de ocupação é de 70% no momento. Deste total, 17 pacientes estão fazendo o uso de respiradores mecânicos para manutenção dos sinais vitais. São 17 pacientes de Vitória da Conquista e os demais de outros municípios.

Já os 75 leitos clínicos têm 52 pacientes internados.

Além dos pacientes de Vitória da Conquista, há moradores de mais 27 cidades nos leitos da rede SUS – Brumado; Itapetinga; Cordeiros; Tremedal; Mortugaba; Guaratinga; Poções; Nova Canaã; Itarantim; Barra do Choça; Iguaí; Itambé; Itororó; Planalto; Barra da Estiva; Guanambi; Cocos; Anagé; Wenceslau Guimarães; Malhada de Pedras; Ipiaú; Iuiú; Potiraguá; Itanhém; Ituaçu; Barreiras; Caratinga-MG.

Perfil de casos

Até esta sexta-feira (31), Vitória da Conquista confirmou 2.515 casos de pessoas infectadas pelo coronavírus. Embora a maioria dos óbitos tenha ocorrido entre idosos, a maior parte dos casos ocorreu entre jovens. Foram 1.043 casos entre pessoas na faixa etária de 20 a 39 anos, 78 casos em crianças de até 5 anos, 161 em crianças e adolescentes de 161 anos, 889 entre adultos de 40 a 59 anos e 344 entre idosos com mais de 60 anos.

As mulheres são maioria entre os casos positivos. São 1.397 do sexo feminino e 1.118 do sexo feminino. Entre os profissionais de saúde que atuam no município, 406 testaram positivo para a doença.

Quanto à evolução do quadro de saúde, do total de pacientes confirmados, 2.107 já estão recuperados e 353 ainda apresentam sintomas, com possibilidade de transmissão, e seguem em recuperação – 45 internados e 308 em tratamento domiciliar. Deste total, 203 evoluíram para a forma grave da doença e precisaram de hospitalização.

86 casos na zona rural

Fonte: Secretaria de Saúde

Na zona rural no município foram diagnosticadas 86 pessoas com coronavírus, residentes das seguintes localidades: Assentamento Casulo (1), Assentamento Joana Darc (1), Assentamento União e Força (1), Assentamento Zumbi dos Palmares (3), Baixa do Muquem (1), Baixa Grande (1), Bate pé (3), Cabeceira (1), Cabeceira da Jiboia (1), Cercadinho (1), Dantelândia (4), Fazenda Boa sorte (2), Furadinho (1), Goiabeira (1), Lagoa de João Moraes (1), Limeira (2), Lagoa do Justino (2), Limoeira (1), Inhobim/Baixão (9), Pradoso (4), Pedra Branca (4), Povoado do Brejo (3), Povoado Capinal (7), Povoado do Choça (4), Povoado da Estiva (4), Povoado de Iguá (7), Povoado Olho d’agua dos Monteiros (1), Povoado de Periquito (1), Povoado Salinas (1), Povoado São João da Vitória (1), Povoado Vereda Grande (5), Roseira (1), Santa Marta (1), São João (1) e Veredinha (4).

Casos por bairro

Fonte: Secretaria de Saúde

Os outros 2429 casos confirmados são de pessoas residentes da zona urbana. Os bairros com maior incidência são: Candeias (213), Brasil (160), Boa vista (157), Alto Maron (136) e Ibirapuera (129).

Demais bairros: Alegria (15), Alto da Boa Vista (16), Alto da Colina (6), Alto da Conquista (16), Alto da Vitória (1), Alvorada (4), Aparecida (14), Ayrton Sena (18), Bateias (22), Bela Vista (6), Boa Esperança (1), Bruno Barcelar (17), Campinhos/Loteamento Jatobá (56), Centro (75), Cidade Maravilhosa (48), Cidade Serrana (7), Cidade Modelo (26), Conveima (30), Copacabana (6), Cruzeiro (38), Espírito Santo (19), Esplanada (2), Felícia (73), Flamengo (3), Guarani (74), Henriqueta Prates (22), Inocoop (12), Ipanema (5), Iracema (14), Jardim Candeias (5), Jardim Guanabara (18), Jardim Sudoeste (7), Jardim Valéria (10), Jurema (55), Kadija (25), Lagoa das Flores (51), Loteamento Conquista (3), Miro Cairo (36), Morada dos Pássaros (67), Morada Real (17), Morada Nova (1), Morumbi (2), Nossa Senhora de Lurdes (2), Nova Cidade (23), Panorama (25), Patagônia (98), Pedrinhas (6), Petrópolis (8), Primavera (79), Recanto do Vale (1), Recanto das Águas (7), Recanto dos Pássaros (4), Recreio (71), Renato Magalhães (22), Santa Cecília (6), Santa Cruz (15), Santa Helena (3), São Pedro (9), São Vicente (12), Senhorinha Cairo (19), Santa Terezinha (1), Saquinho (1), Simão (7), Sobradinho (3), Sumaré (7), Terras do Remanso (4), Universidade (2), Urbis I (12), Urbis II (17), Urbis III (3), Urbis IV (10), Urbis V (50), Urbis VI (69), Vila Elisa (6), Vila América (18), Vila Bem Querer (5) e Vila Serrana (66).

Veja o perfil completo dos casos e óbitos por Covid em Vitória da Conquista

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui