Foto: Edu Vale | Agência Sertão

Morreu na madrugada desde domingo (9), Isak Silva Coco, de 35 anos, natural de Candiba. Ele não resistiu aos ferimentos do acidente ocorrido na BR-122 na noite deste sábado (8), nas imediações de uma pedreira Amorim, próximo a Guanambi.

Isak foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado para o Hospital Geral de Guanambi (HGG) depois de perder o controle da direção doa motocicleta que conduzia e cair na pista.

Vítima tinha 35 anos – Reprodução

A vítima sofreu politraumatismo, múltiplas fraturas e lesão contusa toracoabdominal. Ele passou por procedimentos cirúrgicos assim que deu entrada na unidade de saúde, no então

A motocicleta que Isak conduzida pegou fogo e a Brigada Voluntária da Superintendência Municipal de Trânsito foi acionada e impediu que as chamas consumissem a vegetação às margens da rodovia. Ele foi encontrado distante 50 metros do veículo.

Sábado violento nas estradas da Região de Guanambi

O sábado foi de violência nas rodoviais e estradas vicinais da região de Guanambi. As equipes do Samu e do DPT tiveram bastante trabalho e as tragédias abalaram o fim de semana.

Em Pindaí, uma adolescente de 16 anos morreu após cair de um cavalo em uma estrada vicinal na região da Tábua, zona rural do município. O acidente ocorreu no fim da tarde e a vítima morreu logo ao dar entrada no Hospital Municipal.

Em Caculé, um jovem natural de Brumado morreu após bater sua motocicleta contra um automóvel. Ele chegou a ser socorrido para o hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos.

Em Palmas de Monte Alto, um professor de 56 anos morreu após perder o controle de seu Jeep na BR-030, cair do veículo e ser atropelado por um veículo que trafegava pela pista. Um passageiro do veículo também ficou ferido.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui