31 C
Guanambi
27 C
Vitória da Conquista

Vitória da Conquista registrou 1.080 casos de coronavírus em 11 dias

- Advertisement -

Últimas Notícias

- Advertisement -




Tem aumentado bastante o número casos confirmados do novo coronavírus em Vitória da Conquista nos últimos dias. Segundo dados da secretaria municipal de Saúde,dora 1.080 novos casos foram registrados em 11 dias.

O número de óbitos em decorrência das complicações da doença também têm subido constantemente nas últimas semanas, chegando a 72 neste sábado (8).

Desde o surgimento do primeiro caso, em 31 de março, até a marca de 1 mil casos, em 8 de julho, foram 99 dias. A partir daí, foram mais 16 dias até ultrapassar a marca de 2 mil casos em 24 de julho, e mais 13 dias até os 3 mil casos, em 6 de julho.

Neste sábado, o número de casos chegou a 3.289, com 2.518 pacientes considerados recuperados e mais 699 ativos com a doença. O maior número de casos ativos desde o início da pandemia.

Fonte: Secretaria de Saúde

A última semana foi a com mais casos registrados até aqui, 717, aumento de 28%. Na semana anterior foram 420. Os dados mostram que o pico de infecção do coronavírus provavelmente ainda não ocorreu no município, tendo em vista o aumento expressivo nos últimos dias.

Já o número de casos ativos subiu 82%, frente a uma redução de 27% na semana anterior. São 34 pacientes internados e 665 em tratamento domiciliar.

Fonte: Secretaria de Saúde

Os óbitos pela doença também subiram constantemente nas últimas três semanas. De 19 de julho a 8 de agosto foram 45 no total. Em 21 dias, morreu o que corresponde a 62,25% do total desde o início da pandemia, média de 2,15 por dia.

A primeira morte pela Covid-19 ocorreu em 13 de abril, sendo que o total daquele mês foi de 3. Em maio foram mais 2 óbitos e em junho foram 11 e em junho 39. Nos oito primeiros dias de agosto, mais 17 conquistenses perderam a vida por conta das complicações da Covid-19.

Fonte: Secretaria de Saúde

Ocupação de Leitos

Fonte: Sesab – Atualizado às 16h de 9 de agosto

A rede SUS de Vitória da Conquista dispõem de 70 leitos de UTI exclusivos para o tratamento da Covid-19.

Segundo a última atualização da Sesab, há 44 pacientes internados nas UTI’s e a taxa de ocupação é de 63% no momento. Deste total, 24 pacientes estão fazendo o uso de respiradores mecânicos para manutenção dos sinais vitais. São 16 pacientes de Vitória da Conquista e os demais de outros municípios.

Já os 98 leitos clínicos têm 58 pacientes internados.

Além dos pacientes de Vitória da Conquista, há moradores de mais 33 cidades nos leitos da rede SUS – Itapetinga; Cordeiros; Mortugaba; Tanhaçu; Poções; Nova Canaã; Itarantim; Barra do Choça; Iguaí; Itambé; Itororó; Planalto; Barra da Estiva; Guanambi; Mirante; Maetinga; Camacã; Jânio Quadros; Ibicuí; Potiraguá; Cocos; Anagé; Wenceslau Guimarães; Malhada de Pedras; Ipiaú; Itabela; Iuiú; Itanhém; Caculé; Guarulhos-SP; Brumado; Ibicaraí.

Perfil de casos

A secretaria de Saúde de Vitória da Conquista divulgou neste sábado o perfil de casos da doença. Antes do fechamento dos casos do dia, havia 3.148 casos confirmados. Entre os invectados, 1.773 são pessoas do sexo feminino (56,3%) e 1.375 do sexo masculino (43,7%).

Até o momento, 477 trabalhadores de saúde do município foram diagnosticados com a doença, 61 apenas na última semana. A secretaria não informa quantos pacientes deste grupo morreram.

Pessoas mais jovens são a maioria dos contaminados – 1.312 tem entre 20 e 39 anos, 210 entre 6 e 19 anos e 104 entre 0 e 5 anos. Já entre os mais velhos, 1.087 estão na faixa de 40 a 59 anos e 433 têm mais de 60 anos.

Os pacientes diagnosticados relataram possuir uma ou mais comorbidades – quando há duas ou mais doenças preexistentes – e fatores de risco para Covid-19: Hipertensão (338), Diabetes e Hipertensão (83), Diabetes (173), Obesidade (151), Doença Hepática (17), Doença Pulmonar (128), Doença Neurológica (19), Neoplasia (19), Doença Reumática (6) e Doença Renal (20).

Do total de infectados, 243 apresentaram Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), necessitando ser internados para tratamento em unidade hospitalar.

Perfil de Óbitos

Dos 68 pacientes do município que foram a óbito por complicações da Covid-19 até o fechamento da publicação, 65 faleceram em unidade hospitalar e três em domicílio. Faleceram 42 pessoas do sexo masculino e 26 do sexo feminino – 50 delas possuíam mais de 60 anos, 13 tinham idade entre 40 e 59 anos, três entre 20 e 39 anos, um com idade entre 6 e 19 anos e um recém-nascido prematuro.

Desses pacientes que foram a óbito, 10 não tinham nenhum tipo de comorbidade e 58 possuíam doenças preexistentes e/ou fatores de risco como: Doença Cardíaca/Hipertensão (29), Diabetes (23), Obesidade (9), Doença Hepática (2), Doença Pulmonar (4), Doença Neurológica (6), Doença Renal (2), Gestação de alto risco (1), Prematuridade extrema (1), Tabagismo (1), Hipotireoidismo (2), Mieloma (1) e imunossupressão (1).

Casos por bairro

Fonte: Secretaria de Saúde

Na zona urbana foram confirmados 3.024 casos. Os bairros com mais casos são – Candeias (261), Brasil (201), Boa vista (193), Alto Maron (171), Vila Serrana (103).

Os demais casos com casos são – Alegria (15), Alto da Boa Vista (18), Alto da Colina (9), Alto da Conquista (16), Alto da Vitória (1), Alvorada (4), Aparecida (14), Ayrton Sena (28), Bateias (34), Bela Vista (7), Boa Esperança (1), Bruno Barcelar (31), Campinhos/Loteamento Jatobá (59), Centro (88), Cidade Maravilhosa (51), Cidade Serrana (7), Cidade Modelo (32), Conveima I (33), Conveima II (6), Copacabana (7), Cruzeiro (43), Espírito Santo (22), Esplanada (3), Felícia (84), Flamengo (3), Guarani (88), Henriqueta Prates (24), Ipanema (4), Iracema (14), Inocoop (15), Jardim Candeias (6), Jardim Guanabara (20), Jardim Sudoeste (10), Jardim Valéria (12), Jurema (61), Kadija (37), Lagoa das Flores (61), Loteamento Conquista (3), Loteamento Serrinha (2), Miro Cairo (41), Morada dos Pássaros (83), Morada Real (26), Morada Nova (1), Morumbi (2), Nossa Senhora de Lurdes (2), Nova Cidade (33), Panorama (31), Pedrinhas (7), Petrópolis (12), Primavera (92), Recanto do Vale (1), Recanto das Águas (7), Recanto dos Pássaros (4), Recreio (87), Renato Magalhães (33), Santa Cecília (9), Santa Cruz (26), Santa Helena (6), São Pedro (11), São Vicente (14), Senhorinha Cairo (18), Santa Terezinha (1), Saquinho (1), Simão (12), Sobradinho (5), Sumaré (10), Terras do Remanso (4), Universidade (3), Urbis I (14), Urbis II (19), Urbis III (6), Urbis IV (17), Urbis V (88), Urbis VI (83), Vila Elisa (13), Vila Bem Querer (8), e Vila América (35).

Casos na zona rural

Fonte: Secretaria de Saúde

Na zona rural do município foram diagnosticadas 124 pessoas, residentes do Assentamento Joana Darc (2), Assentamento União e Força (1), Assentamento Zumbi dos Palmares (3), Baixa do Muquem (1), Baixa Grande (1), Bate pé (1), Cabeceira (3), Corredor de Itaipu – Roseira (1), Catararina – Roseira (1), Cabeceira da Jiboia (1), Cercadinho (2), Dantelândia (4), Fazenda Boa sorte (3), Fazenda Lagoa Danta (1), Fazenda Batalha (1), Furadinho (1), Goiabeira (1), Inhobim (5), Lagoa de João Moraes (1), Lagoa do Justino (2), Limoeira (1), Pradoso (4), Pedra Branca/Assentamento Casulo (4), Povoado do Brejo – Inhobim (5), Povoado do Baixão – Inhobim (1), Povoado Salinas – Inhobim (1), Povoado Capinal (19), Povoado do Choça (4), Povoado da Estiva (4), Povoado de Iguá (11), Povoado Olho d’agua dos Monteiros (1), Povoado de Periquito (1), Povoado São João da Vitória (2), Povoado Vereda Grande (13), Povoado da Jiboia (1), Povoado Campo Formoso (1), Povoado São Mateus (1), Povoado Caiçara (2), Povoado de Santa Marta (3), Povoado de São Joaquim (1), Povoado de São Sebastião (3), São João (1) e Veredinha (4).




- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -