Vale-alimentação estudantil foi pago em três parcelas de R$ 55 - Foto: Ascom / Sec. Educação

Não está previsto o pagamento de uma quarta parcela do vale-alimentação estudantil para estudantes da rede estadual de ensino da Bahia. O benefício foi repassado em três parcelas, cada estudante recebeu R$ 55 por parcela. Os repasses ocorreram entre os meses de maio e julho.

A informação sobre a descontinuidade dos repasses aos estudantes foi confirmada à Agência Sertão pela Assessoria de Comunicação da Secretaria da Educação do Estado. Segundo a pasta, desde o início do programa, a quantidade de parcelas estava limitada a três.

O vale-alimentação estudantil é uma ação do Governo da Bahia voltada à segurança alimentar dos estudantes e de suas famílias. O investimento total foi de R$ 132 milhões de recursos próprios do Estado.

O cartão vale-estudantil foi destinado, exclusivamente, para a compra de gêneros alimentícios prioritários, como feijão, arroz, macarrão, leite, ovos e carne, sendo que a aquisição dos alimentos foi de livre escolha dos estudantes. A distribuição ocorreu pelas redes Assaí e Cesta do povo com suas lojas conveniadas.

Para as cidades onde não têm essas redes de supermercado, os estudantes receberam um cartão alimentação que foi enviado para a escola.

Ao todo, a ação beneficiou 800 mil estudantes na Bahia. Segundo o Governo do Estado, o Vale-alimentação estudantil é um benefício complementar emergencial, concedido em razão do estado de calamidade pública em Saúde, decorrente da pandemia do novo Coronavírus (COVID-19).

Veja também: Em Guanambi, prefeitura ainda não entregou segundo etapa de kits de merenda escolar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui