Reprodução

Foi publicado no Diário Oficial do Município de Vitória da Conquista, nesta quarta-feira (7), a liberação de R$ 130 mil para prestação de serviços de recolhimento de cães e gatos abandonados na cidade.

O valor será repassado mensalmente, sendo R$ 10 mil por mês e o teto máximo de R$130 mil reais no ano.

Atualmente, a responsabilidade destes animais é da Associação Protetora dos Animais do Sudoeste da Bahia (AMA), instituição sem fins lucrativos presidida pela ativista Leonice Sá de Araújo.

O Canil da AMA está localizada na Rua da Enseada, 39, na Cidade Maravilhosa, Zona Oeste de Vitória da Conquista, onde também tem recebido doações.

A cidade de Vitória da Conquista é a única cidade do Brasil, com mais de 300 mil habitantes, que não dispõe de um Centro de Controle de Zoonoses, o que é exigido pelo Ministério da Saúde. Apesar de ter um Centro de Serviço de Zoonoses, a cargo de apenas uma clínica veterinária e com ações pontuais, a demanda ainda é grande e não substitui um Centro de Controle de Zoonoses.

Segundo o Blog do Caique Santos, além do maus tratos a esses animais, os cães de rua devoram lixo espalhado pelas ruas, contribuindo com a proliferação de insetos – como baratas e escorpiões além de contribuírem com vários tipos de contaminação. Estima-se que a quantidade de animais na cidade ultrapasse os 10.000 cães.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui