Reprodução

A Prefeitura de Vitória da Conquista promoveu a flexibilização de mais atividades econômicos afetadas pelas medidas de distanciamento social por conta da pandemia do coronavírus. As novas regras estão no Decreto Municipal nº 20.610, publicado nessa quinta-feira (29).

Entre as mudanças, está a ampliação dos horários de funcionamento de shoppings centers, que agora podem funcionar das 10h às 22h. O decreto também manteve a quinta fase da reabertura gradual das atividades econômicas está mantida.

Também está autorizado o retorno de atividades do segmento educacional de apoio, acolhimento e atendimento a crianças neurotípicas que necessitam de atendimento especializado. Outra flexibilização permite que idosos com mais 60 anos possam voltar a frequentar academias de ginástica, desde que apresentem relatório médico.

Além disso, instituições de Ensino Médio e cursos livres estão permitidos ministrar aulas práticas. Para isso, devem comprovar as medidas de higienização junto à Vigilância Sanitária.

Este foi o segundo decreto relacionado à flexibilização de medidas de controle do coronavírus publicado esta semana. No último domingo (25), um Decreto passou a permitir eventos com até 200 pessoas, no entanto, é necessária liberação prévia individual para realização emitida pelas autoridades competentes.

Também foram liberadas as visitas ao cemitério no próximo feriado de Finados, na próxima segunda-feira (2), sendo obrigatório o uso de máscara durante o tempo de permanência no local.

A medida ainda reforça que permanece obrigatório no transporte público e estabelecimentos comerciais e recomenda-se que a população permaneça, sempre que possível, em isolamento social.

Reabertura das atividades econômicas em Conquista 

A prefeitura de Vitória da Conquista iniciou a reabertura das atividades econômicas em 1º de junho, após cerca de dois meses e meio com funcionamento apenas do comércio considerado essencial.

Na primeira fase, foi autorizada a abertura de lojas de atacado e varejo de diversos seguimentos. Pouco mais de uma semana depois, foi permitido o funcionamento de salões de beleza, barbearias, centros de estética, floriculturas, bancas de jornal e revista, comércio de animais vivos e templos religiosos.

A terceira fase teve início em 2 de julho, quando foram abertos os bares, restaurantes e lanchonetes. A quarta fase foi iniciada em 13 de julho, com a abertura de academias. Já a quinta fase continua em implantação, tendo sido permita a realização de eventos com até 100 pessoas, além do funcionamento dos cinemas e teatros.

Segundo o decreto, o uso de máscaras permanece obrigatório no transporte público e estabelecimentos comerciais e recomenda-se que a população permaneça, sempre que possível, em isolamento social.

Acesse aqui o Decreto completo para conhecer todas as medidas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui