23.3 C
Guanambi
19.4 C
Vitória da Conquista

Justiça Eleitoral apreende caminhão da prefeitura de Guanambi carregado com materiais de construção

9,154FãsCurtir
15,413SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
823InscritosInscrever
Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Um caminhão carregado de cimento e outros materiais de construção foi apreendido nesta sexta-feira (13) em Guanambi pela Justiça Eleitoral. O veículo saiu da sede da secretaria municipal de Infraestrutura e teve como destino a sede da Associação Rural da Comunidade de Água Branca. A entrega, segundo os denunciantes, favoreceria a candidatura à reeleição do prefeito Jairo Magalhães (PSD).

O flagrante foi realizado pelo advogado Eunadson Donato, da coligação “O Trabalho é a nossa marca”, que soube da saída do caminhão do órgão público e conseguiu localizá-lo na porta da sede da associação. “Seguimos com dezenas de veículos averiguando 24 horas as denúncias de compra de votos utilizando a máquina pública e estamos denunciando e entregando as provas para a Justiça Eleitoral tomar providencias”.

No local, a presidente da associação, senhora Terezinha, informou ao advogado que solicitou ajuda da prefeitura há alguns meses para construção de edificações no local, como construção de uma casa de farinha e uma garagem, e que não imaginaria que o material fosse entre às vésperas da eleição e não sabe quem autorizou a entrega.

- Advertisement -

Diante da situação, a senhora pediu que o motorista retornasse com o caminhão à sua origem. O advogado então solicitou ao motorista do caminhão que se dirigisse até a delegacia de polícia, para que medidas fossem tomadas. O motorista atendeu ao pedido e saiu com o veículo em direção à delegacia e logo em seguida foram até o Fórum da 64ª Zona Eleitoral de Guanambi.

Após os fatos serem narrados às autoridades eleitorais, o juiz Ronaldo Alves Neves Filho determinou a apreensão do veículo no pátio da Polícia Civil, e requereu ao Ministério Público Eleitoral (MPE) que solicitasse ao coordenador de polícia a abertura de inquérito para investigar a possível prática de crimes. (veja o termo de comunicação)

Os envolvidos devem responder por crimes eleitorais e por improbidade administrativa, uma vez que foram usados recursos públicos com finalidade eleitoreira. Tanto o prefeito, quanto agentes públicos podem ser envolvidos na investigação.

Veja também: Às vésperas da eleição, Jairo Magalhães é envolvido em escândalo com rachadinha e ocultação de patrimônio

Ainda sexta-feira, em resposta a uma outra denúncia, a Justiça Eleitoral determinou entre outras medidas, a imediata suspensão no fornecimento de materiais de construção para a prefeitura, inclusive cimento, até o fim do pleito deste domingo (15).

A Agência Sertão entrou em contato com a  Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Guanambi, não entanto, as mensagens não foram respondidas.

Neste sábado (14), a campanha à reeleição do prefeito Jairo Magalhães divulgou um vídeo nas redes sociais com intensão de alertar os eleitores sobre compra de votos. Os exemplos usados na peça publicitária foram justamente materiais de construção, como os apreendidos no dia anterior no caminhão da prefeitura, cuja a responsabilidade é justamente do prefeito.

Destaques Justiça Eleitoral apreende caminhão da prefeitura de Guanambi carregado com materiais de...

Deixe uma resposta

Relacionadas