21.7 C
Guanambi
18.6 C
Vitória da Conquista

Vitória da Conquista foi o município com menor taxa de abstenção no segundo turno

- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -

O segundo turno das eleições municipais em Vitória da Conquista teve o menor índice de abstenção entre todos os 57 municípios onde a disputa não foi definida no último dia 15. Mais pessoas foram às urnas neste domingo (29) do que no primeiro turno.

Ao todo, 189.182 conquistenses votaram e 41.994 (18,17%) se fizeram ausentes às sessões de votação. Já no primeiro turno foram 187.550 votantes e 43.626 abstenções. Os eleitores que não justificaram ausência têm prazo de 60 dias para resolver a situação junto à Justiça Eleitoral.

Os demais municípios com menor abstenção foram Caucaia (CE), com 18,6%, Feira e Santana (BA), com 18,8%, Belém (PA), om 20,7% e Recife (PE), com 21,2%. Por outro lado, Goiânia (GO) teve a maior ausência de eleitores, 36,7%. Governador Valadares (MG) e Ribeirão Preto (SP) tiveram 35,6% e Rio de Janeiro teve 35,4%.

Em Vitória da Conquista, a quantidade de votos em Branco e Nulos também diminuiu consideravelmente no segundo turno. Além das 1.632 pessoas a mais que foram votaram em relação ao primeiro turno, houve diminuição de 1.728 votos em branco e de 4.671 votos nulos.

Herzem Gusmão (MDB) foi reeleito com 97.364 votos (54%), a maior votação já alcançada por um candidato a prefeito de Vitória da Conquista. Em segundo lugar ficou Zé Raimundo (MDB), com 82.942 votos (46%). Gusmão conseguiu mais de 18 mil votos em relação à sua votação no primeiro turno.

Foram 2.367 votos (1,25%) em branco e 6.509  votos (3,44%) nulos. Ao todo, 189.182 eleitores compareceram e 41.994 (18,17%) se abstiveram de votar.

 

- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -