25.5 C
Guanambi
18.2 C
Vitória da Conquista

Aneel libera produção independente de energia solar em Guanambi e testes em eólica em Pindaí

- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -
- Advertisement -

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou a empresa Lagedo Alto Energia a operar a UFV Lagedo Alto III, somando 44,2 MW d capacidade no município de Guanambi. Em outro ato, a Aneel emitiu parecer positivo para a Eólica Pindaí III Geração de Energia Ltda testar a EOL Ararinha Azul, com seis aerogeradores totalizando 14,1 MW em Pindaí (BA).

A diretoria geral do órgão autorizou também a Alupar Investimento a implantar e explorar a usina fotovoltaica Pitombeira sob o regime de Produção Independente de Energia Elétrica com 47,2 MW de potência para uma outorga de 35 anos no município de Aracati (CE).

Outro provimento foi concedido à Chimarrão Energética, com vistas a construção e exploração da PCH Chimarrão sob produção independente de 11,5 MW na cidade de Muitos Capões (RS).

Por fim, o órgão regulador aceitou a solicitação da empresa Eletron Eletricidade de Rondônia e alterou o regime de exploração da PCH Alta Floresta, passando de serviço público para produção independente de 5 MW em Alta Floresta do Oeste (RO).

A Aneel  aprovou nesta sexta-feira (4), a operação comercial da termelétrica Muaná – CEPA, de posse do consórcio Guascor do Brasil e Soenergy, conferindo 826 kW de capacidade instalada no município de Muaná (PA).

Continua depois da publicidade

Para testes, a Aneel liberou a eólica Umburana de Cheiro, com nove turbinas totalizando aproximadamente 31,1 MW de potência em Sento Sé (BA), num projeto controlado pela Brennand Energia. A Voltalia para uma unidade geradora de 3,5 MW da central Vila Ceará I, localizada em Serra do Mel (RN).

Por fim, a VP Flexgen (Brazil) teve 12 unidades liberadas para teste pelo órgão regulador, referente a UTE Humaitá- VPTM, somando 21,2 MW de capacidade no município de Humaitá (AM).

Com Informações do site canalenergia.com.br

- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -