21.8 C
Guanambi
17.1 C
Vitória da Conquista

Sob homenagens, Pacheco Gomes foi sepultado em Guanambi

9,148FãsCurtir
15,413SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
823InscritosInscrever
Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.

Últimas Notícias

Mais Lidas

O corpo do comentarista e treinador esportivo Vivaldo Teixeira Gomes, de 49 anos, o Pacheco, foi sepultado na manhã deste domingo (24), no Cemitério Municipal de Guanambi. Ele morreu no início da tarde de sábado (23), na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Geral de Guanambi (HGG).

Não houve velório em razão da causa da morte ter sido classificada como suspeita da Covid-19. Pacheco foi submetido a um teste rápido para a detecção da doença assim que foi internado e o resultado foi negativo. Também foi coletado o material para realização do exame laboratorial RT-PCR. O resultado saiu na manhã desta segunda-feira (25) e foi negativo.

(Veja o vídeo com homenagens na página da TV Beija-Flor)

Mesmo assim, dezenas de pessoas compareceram à porta do cemitério para prestar as últimas homenagens ao comentarista esportivo. Com o uso de um carro de som, amigos e colegas de Pacheco leram mensagens de pesar e lembraram do seu amor pelo esporte e pelo rádio, além de destacar o seu empenho e dedicação nas ações que realizava.

- Advertisement -

O hino do Clube de Regatas do Flamengo também foi executado em sua homenagem. Pacheco era apaixonado por futebol e principalmente pelo time carioca. Sua esposa Lidiane de Cássia vestia uma camisa e segurava uma bandeira do clube na chegada ao cemitério.

A Prefeitura de Guanambi também manifestou pesar pelo falecimento do esportista por meio de uma nota divulgada no site oficial e nas redes sociais. Instituições esportivas, políticos e amigos também se expressaram em homenagem a Pacheco.

Veja mais homenagens:

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Felipe Duarte (@felipe.g.duarte)

Pacheco passou mal na última segunda-feira (18) e foi socorrido por uma ambulância do Serviço Móvel de Urgência  Samu 192. Desde então, seu quadro de saúde piorou  e ele acabou não resistindo e falecendo.

Ele era comentarista esportivo da rádio 96FM e trabalhava nas categorias de base do Flamengo de Guanambi. Pacheco também era o responsável por organizar e promover há 20 anos um dos eventos esportivos mais tradicional da cidade, Campeonato de Futsal entre Bairros.

Destaques Sob homenagens, Pacheco Gomes foi sepultado em Guanambi

Deixe uma resposta

Relacionadas