20.3 C
Guanambi
DestaquesMarinha tenta resgatar AgEFlut Saldanha Marinho de afundamento no rio São Francisco
quinta-feira, 17 junho, 2021

Marinha tenta resgatar AgEFlut Saldanha Marinho de afundamento no rio São Francisco

- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -
- Advertisement -

Agentes da Capitania dos Portos de Bom Jesus da Lapa e do 2º Distrito Naval iniciaram o trabalho de resgate e reflutação da Agência Escola Flutuante Saldanha Marinho (AgEFlut Saldanha). Segundo a Marina do Brasil, a embarcação ficou parcialmente alagada após sofrer avarias causadas pelo desmoronamento de pequena parte da margem do rio São Francisco, onde encontrava atracada.

Os trabalhos para tentar salvar a AgEFlut começaram no meio da semana, quando o problema foi identificado. A lancha foi presa por cabos de aço para evitar o seu total afundamento. Neste sábado (13), os militares usavam uma retroescavadeira embarcada em uma balsa para ajudar no trabalho de reflutação. A balsa veio cedida por uma fazenda localizada no distrito de Porto Novo, no município de Santana.

O repórter Eniédson Ferreira, da TV Lapa Digital, acompanhou parte do trabalho pela ponte Gercino Coelho. Ele disse que estava preocupado com o vazamento de óleo na embarcação, ancorada há poucos metros da bomba de captação da água usada para o abastecimento do município. No entanto, ele foi informado pelo comando da Capitania dos Portos que o tanque, com capacidade de cerca de 2.500 litros, está vazio.

O comunicador disse ainda que notou a embarcação mais inclinada em relação a última quarta-feira (10) e que teme pelo risco dela virar e dificultar ainda mais seu resgate, ou naufragar de vez. Os trabalhos para tentar salvar a lancha deve seguir pelos próximos dias.

Importância Histórica

A Agência Escola Flutuante Saldanha Marinho é considera uma das principais embarcações em operação no rio São Francisco, no trecho de Bom Jesus da Lapa.

Segundo a Marinha, desde que foi restaurada, em janeiro de 2020, a AgEFlut Saldanha Marinho apresentou plena capacidade de navegação no Rio São Francisco, em Bom Jesus da Lapa.

A embarcação que é considerada uma das atrações do Rio São Francisco, foi adquirida e incorporada à Marinha do Brasil em 1993, sendo utilizada, inicialmente, para realização de Inspeção Naval e representação da Marinha; posteriormente, passou a ser empregada nas ações itinerantes voltadas ao Ensino Profissional Marítimo e de Segurança do Tráfego Aquaviário, em locais de acesso exclusivamente fluvial.

Em abril de 2020, a Agência Escola Flutuante foi estabelecida como Organização Militar sem autonomia, subordinada à Agência Fluvial de Bom Jesus da Lapa.

A lancha ficou cerca de cinco anos parada e sua volta à navegação no rio São Francisco ocorreu na procissão de São Sebastião, na localidade de Boa Vista, no município de Serra do Ramalho.

 

 

- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -