29.1 C
Guanambi
23.9 C
Vitória da Conquista

Ilhéus, Itabuna e Brumado possuem maiores taxas de mortalidade por Covid-19 da Bahia

- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -

Os municípios de Ilhéus e Itabuna, no Sul Baiano, e de Brumado, no Centro Sul, possuem as maiores taxas de mortalidade por Covid-19 da Bahia, entre os municípios com pelo menos 25 mil habitantes.

Até o momento, o coronavírus foi mais letal no entorno de Ilhéus e Itabuna, quando comparado a outras regiões do Estado. Na primeira, a mortalidade é de 280 mortes por 100 mil habitantes (448 no total), já na segunda, a taxa está em 275 (567 no total). Já nos municípios de Itapé, Uruçuca, as taxas são de 305 e 279. Nos 22 municípios da região, a taxa média é de 230 mortes por 100 mil habitantes, maior do que a taxa da região da capital Salvador, onde a taxa é de 203.

Já em Brumado, onde a taxa está em 255 (171 óbitos), o problema é mais localizado, já que municípios próximos registram taxas bem menores. A título de exemplo, a vizinha Livramento de Nossa Senhora possui mortalidade de 106 (49 óbitos no total). Em Caetité, distante 100 quilômetros, e em Guanambi, distante 140 quilômetros, as taxas são de 52 e 92 respectivamente. A única cidade mais próxima com taxa de mortalidade maior é Maracás, há 190 quilômetros, onde a taxa é de 260 (53 mortes).

Apesar dos números alarmantes, o número de casos e de mortes em Brumado apresenta tendência de queda nas últimas semanas. No momento, 234 pacientes estão ativos com o vírus, dos quais, 12 estão hospitalizados. Outros 83 aguardam resultado dos exames laboratoriais. Ao todo são 8.395 casos confirmados no município desde o início da pandemia.

Os municípios baianos com menor controle da pandemia possuem mais mortes por habitantes do que a média de todas as regiões metropolitanas do país. Segundo dados do IBGE, 120,5 milhões de habitantes vivem em cidades do interior e outros 89,6 milhões em regiões metropolitanas. A taxa de mortalidade no primeiro grupo é de 175 mortes e do segundo é de 255, igual ao registrado em Brumado. Na média do país, a mortalidade é de 209 mortes por 100 mil habitantes.

Entre os estados brasileiros, Roraima (311), Amazonas (311), Mato Grosso (297) e Rio de Janeiro (280) possuem as maiores taxas de mortalidade. Já os estados com menos mortes em relação à população são Maranhão (110), Bahia (135) e Alagoas (136).

- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -