32.8 C
Guanambi
25.6 C
Vitória da Conquista

Bebê nasceu com anticorpos contra a Covid-19 em Vitória da Conquista, diz mãe

- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -

Um de bebê de apenas dez dias está imunizado contra a Covid-19. Ele nasceu no Hospital Samur, em Vitória da Conquista e foi submetido esta semana ao exame que detecta os anticorpos que protegem contra as complicações da doença

A mãe, Glece Quelle Brito, de 25 anos, contou ao Blog do Anderson que não tomou nenhuma vacina, mas que contraiu a Covid-19 pouco antes de engravidas. “Não tomei nenhuma vacina. Peguei Covid dois meses antes de engravidar e ainda não tomei nenhuma vacina. Faltando uma semana para ganhar ele eu fiz o exame de anticorpos totais e eu ainda estava imune”, declarou a mãe ao referido blog.

Veja também: Vitória da Conquista ultrapassou a marca de 500 óbitos relacionados à Covid-19

Já o pai, Darlan Barbosa, de 37 anos, ainda não está imune contra a Covid-19. Mesmo com a esposa e o filho teoricamente protegidos, ele disse que mantém todas as recomendações redobradas para que ninguém da família contraia o coronovírus. Grace, que trabalha no Hospital São Vicente de Paula, disse que vai se vacinar em breve, mesmo já tendo contraído a doença.

O blog citou a explixação do virologista Rafael Dhalia, pesquisador da Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ) e membro da Academia Pernambucana de Ciências. Ele afirmou que, durante a gestação ocorre uma transmissão transplacentária, ou seja, os anticorpos da mãe são transferidos para o bebê, garantindo a imunidade da criança nos primeiros meses de vida.

“Se a mãe foi capaz de produzir anticorpos neutralizantes contra o Sars-Cov-2, é natural que esses anticorpos sejam também transferidos para o feto. Em fevereiro a Pfizer registrou um estudo específico para mulheres gestantes e lactantes e em março apresentou resultados bem robustos, demonstrando uma resposta imune alta com transferência de imunidade”, lembrou.

Já são vários relatos de transferência de anticorpos de mãe para filho no mundo, seja de quem já contraiu o vírus, ou de quem recebeu as doses de alguma das vacinas durante a gestação.

- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -