39.9 C
Guanambi
30.8 C
Vitória da Conquista

Eclipse solar ao vivo: fenômeno não será visto do Brasil, mas pode ser acompanhado pela internet

- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -




Visível apenas em algumas partes do mundo, o Eclipse solar ao vivo poderá ser acompanhado pelos brasileiros apenas pela internet. O fenômeno terá duração de 3 minutos e 51 segundos, e tem início previsto para 5h12, no horário de Brasília, desta quinta-feira (10).

Conhecido popularmente como “anel de fogo”, o eclipse anular recebeu este nome, pois, neste evento astronômico o sol não é completamente coberto pela lua, e com isso, um contorno de luz solar em formato de anel continua visível.

O vídeo abaixo está sendo exibido pelo site do portal Meganotícias, de Santiago, no Chile, onde também não é possível assistir o fenômeno. O canal CaféMaTV, especializado em alertas meteorológicos no Mundo, também está transmitindo o eclipse solar ao vivo (veja no final da matéria)

Somente quem está no norte do Canadá, Rússia e da Groenlândia poderão acompanhar o eclipse solar ao vivo presencialmente. Em partes ao norte do globo, como o Reino Unido e os Estados Unidos, o fenômeno será avistado parcialmente.

“Em alguns lugares, os observadores não poderão ver o anel ao redor da Lua. Em vez disso, eles verão um eclipse solar parcial. Isso ocorre quando o Sol, a Lua e a Terra não estão exatamente alinhados. O Sol parece ter uma sombra escura somente em uma parte de sua superfície”, explica a agência espacial americana (Nasa). De maneira mais simples, irá parecer que a Lua recebeu uma mordida ou que tem o formato de Pac-Man.

No Brasil, somente em 14 outubro de 2023 será possível avistar um eclipse solar ao vivo. A informação é do site da Nasa que acompanha os fenômenos astronômicos do tipo. Nos estados da região Norte, será possível assistir a versão total, já no restante do país será avistada apenas a versão parcial. Os Estados Unidos e a América Central também terão a visão privilegiada do evento astronômico.




- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -