16.4 C
Guanambi
12.4 C
Vitória da Conquista

Guanambi chega à marca de 10% da população com confirmação da Covid-19

- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -




Com mais 116 casos confirmados da Covid-19, o município de Guanambi chegou à marca de 8.503 casos da doença nesta quarta-feira (9). Este número corresponde a 10,01% da população de 84.928 habitantes, estimada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2020.

O cálculo leva em conta apenas os casos testados, seja por testes rápidos ou por exames laboratoriais, excluindo a subnotificação de assintomáticos e possíveis reinfecções eventualmente registradas. O registro de 10% da população diagnosticada ocorre no momento mais difícil da pandemia no município, com nove mortes nos últimos nove dias.

São 8.007 pacientes que se recuperaram da doença e outros 405 estão ativos com o coronavírus, dos quais, 42 estão internados. O número de mortes contabilizadas chegou a 90 nesta quarta-feira.

Do total de pacientes infectados com diagnóstico confirmado, 83,2% tiveram sintomas da doença e os demais passaram assintomáticos. Os que possuíam algum tipo de comorbidade somam 15,3%. Foram 668 pacientes que precisaram de hospitalização, o que equivale a 7,85% do total de casos.

Ao todo, Guanambi notificou 24.793 casos suspeitos e 34,3% foram confirmados. Outros 16.293 casos foram descartados.




Os primeiros casos da doença foram confirmados no município no dia 15 de maio de 2020. Até o registro do milésimo caso, no dia 2 de novembro, foram 170 dias, enquanto que nos 36 dias seguintes este número dobrou para dois mil casos e dobrou novamente, para 4 mil casos no início de março, 75 dias depois. A marca de oito mil casos foi registrada no último dia 2 e nos últimos sete dias foram registrados mais 500 casos.

A última semana de maio foi a que teve mais confirmações, um total de 506, superando a segunda semana de março, quando ocorreram 375 diagnósticos. A semana atual tende a ser fechada com novo recorde, considerando que já soma 357 casos faltando mais três dias de registros e ainda restam 420 casos suspeitos aguardando resultado dos exames.

A taxa de letalidade, relação entre casos e óbitos, está em 1,06%, e a taxa de mortalidade, mortes em relação à população, é de 106 por 100 mil habitantes. Apesar da grande quantidade de vidas perdidas, os números estão abaixo da média estadual. A letalidade na Bahia é quase o dobro, 2,1%, e a mortalidade do Estado é de 148 mortes por 100 mil habitantes. Já a letalidade média nacional é de 2,8% e a mortalidade é de 228 mortes por 100 mil habitantes, mais do que o dobro da taxa municipal

- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -