28.5 C
Guanambi
20.1 C
Vitória da Conquista

Mais dois ciganos suspeitos de assassinar policiais morreram em confronto com a Polícia

- Advertisement -

Últimas Notícias

- Advertisement -




Mais dois dos seis ciganos suspeitos de envolvimento na morte de policiais em Vitória da Conquista, foram mortos em confronto com a Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe/Sudoeste), nesta quarta-feira (14).

De acordo com o Blog do Sena, trata-se de Dalvan da Silva Matos, de 25 anos, natural de Itapetinga-BA e Arlan da Silva Matos, de 27 anos, natural de Bom Jesus da Lapa-BA. Eles eram irmãos e foram localizados na região de Itiruçu, onde morreram.

Na última terça-feira (13), um cigano identificado como Ramon da Silva Matos morreu em confronto com a polícia no bairro Lagoa das Flores, em Vitória da Conquista. A informação é que os três mortos em confrontos com a polícia são irmãos.

Além disso, mais um suspeito deu entrada no Hospital Geral de Vitória da Conquista, por volta do meio dia ainda na terça, após ser baleado no confronto com os policiais mortos. Ele continua custodiado no hospital e foi identificado pelas iniciais R. da S.M., e é considerado o pai de alguns dos suspeitos. Ele será encaminhado para delegacia da cidade, onde serão tomadas as medidas cabíveis.

A polícia ainda não divulgou o balanço das operações de busca aos criminosos. Pelo menos seis pessoas participaram dos homicídios.




Os policiais mortos receberam as honras fúnebres no fim da noite desta terça-feira. A cerimônia ocorreu na sede do 9º Batalhão de Ensino, Instrução e Capacitação (9º BEIC/Vitória da Conquista).

Relembre o caso

O Comando de Policiamento da Região Sudoeste da Polícia Militar (CPRSO-PM) confirmou as mortes de dois policiais lotados na  92ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) de Vitória da Conquista, 1ª Cl PM Robson Brito de Matos, 30 anos, e o 1º Ten PM Luciano Libarino Neves, 34 anos.

Por meio de nota, a corporação manifestou pesar pelos falecimentos, confirmou que eles estavam em serviço e afirmou que ambos eram profissionais dedicados e de condutas ilibadas.

Os policiais estavam à paisana, na região do distrito de José Gonçalves, na zona rural de Vitória da Conquista, quando foram surpreendidos por um grupo de homens que chegou atirando contra os dois. Testemunhas afirmaram que os criminosos pertencem a uma etnia de ciganos. As armas do tenente e do soldado foram levadas.




O crime foi cometido no fim da manhã desta terça-feira (13). Desde o acontecido, unidades de cidades vizinhas da PM, com apoio da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT/Rondesp Sudoeste), e de outras Companhias Especializadas fazem um cerco na região para capturar os ciganos, que fugiram em veículos.

1ª Cl PM Robson Brito de Matos

O Soldado Brito tinha 30 anos e era natural de Brumado. Ele era casado e pai de uma filha. Entrou na corporação em 2018.

1º Ten PM Luciano Libarino Neves




O Ten. Neves tinha 34 anos, era casado e pai de 01 filho. Ingressou na corporação em 2009.

Veja a nota de pesar do CRPSO

Nota à Imprensa

É com profundo pesar que o Comando de Policiamento da Região Sudoeste informa o falecimento do 1º Ten PM Luciano Libarino Neves, 34 anos, que deixa esposa e filho, e do Sd 1ª Cl PM Robson Brito de Matos, 30 anos, que deixa filhos. Os Policiais foram assassinados em serviço na manhã desta terça-feira (13/07/2021) no Distrito de José Gonçalves, Zona Rural de Vitória da Conquista.




Lotados na 92ª CIPM, Companhia Rural de Vitória da Conquista, o Ten PM Neves ingressou na corporação em 2009 e o Sd PM Robson Brito em 2018, ambos eram profissionais dedicados e de condutas ilibadas.

Prestamos aqui nossas homenagens póstumas ao tempo que nos solidarizamos com os familiares e amigos. As informações sobre o velório e sepultamento serão divulgadas em momento oportuno.




- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -