21.4 C
Guanambi
15.9 C
Vitória da Conquista

Atuação do Sebrae visa dar suporte ao setor de produção de biscoitos em Vitória da Conquista

- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -




Um dos setores industriais mais tradicionais de Vitória da Conquista é o dos biscoitos. Uma breve passagem nas feiras livres, lojas e supermercados e já possível perceber que os biscoitos de polvilho são marca registrada da cidade. Quem é conquistense sabe que é tradição comer a iguaria no café da manhã ou em qualquer momento do dia, e quem visita à cidade aprende rápido a saborear o costume local.

Dados do movimento Pró-Conquistas em parceria com o Sebrae estimam que existem pelo menos 270 produtores e cerca de 600 varejistas e atacadistas que vivem da venda de biscoitos em Vitória da Conquista. O setor ainda é responsável por movimentar cerca de R$ 70 milhões anualmente, levando em consideração somente o elo de fabricação.

Mesmo com um mercado sólido e tradicional, ano após ano, as indústrias precisam se reinventar para enfrentar os problemas que surgem no mercado, principalmente nesse período de pandemia em que as empresas tiveram que encarar novos desafios. Dentro dessa perspectiva, o Sebrae oferece suporte e consultoria empresarial às micro e pequenas empresas do município.

O Projeto Indústria de Alimentos trabalha com três frentes de atuação: Sistêmico, Estrutural e Empresarial. Dentro da atuação sistêmica o projeto busca identificar no sistema industrial quais são os problemas enfrentados diariamente, como por exemplo, na pandemia.

No início, as empresas apresentaram dificuldades com fornecedores de matéria-prima para embalar e envasar os produtos. A partir dessa identificação, a consultoria ofereceu métodos direcionados para solucionar o problema.




Dentro da atuação estrutural o projeto busca constatar problemas comuns nas estruturas das indústrias e oferecer soluções compatíveis para todos. Já em relação ao pilar empresarial, o Sebrae realiza um trabalho de diagnóstico para entender os problemas individualizados de cada empresa para oferecer soluções dentro da lógica de gestão, mercado e tecnologia.

 Atuação

Cíntia Aparecida é gestora da empresa de biscoitos Dona Santa, e atua no segmento há mais de 20 anos. Desde 2018, a empresária firmou parceria com o Sebrae e marca presença em todas as ações da instituição. Ela conta que já participou das consultorias de finanças, boas práticas, dentre outras.

Para Cíntia, as mudanças que envolvem o crescimento e a apresentação para degustação são muito importantes. Ela recorda da participação em eventos grandes como o Festival de Inverno: “são coisas que dão resultados imediatos e resultados futuros. Então, pra gente, o Sebrae representou uma mudança muito grande”.

Ainda segundo a gestora, a parceria com o Sebrae ajudou, de forma prática, na qualidade dos produtos que chegam ao cliente. “Deu um amadurecimento na nossa cabeça com relação ao nosso valor e o valor do nosso produto. O reconhecimento de que temos um produto diferenciado, competitivo, nos ajudou na questão de embalagens, hoje eu tenho embalagens melhores. O Sebrae nos ajudou muito, foi determinante em mudanças na nossa vida. É lógico que tem que ter o empenho da empresa, mas a parceria ajuda e abre muitas portas”, enfatiza.




Projeto

O gestor do projeto Indústria de Alimentos do Sebrae em Vitória da Conquista, Bruno de Souza, reforça que o Projeto Biscoito foi desenvolvido pelo Sebrae durante três anos e agora foi ampliado para o Projeto Indústria de Alimentos, que atende não só empresas do setor de biscoitos. O projeto foi reformulado para atender a qualquer indústria que transforme matéria-prima de alimentos em produto final com valor agregado ao cliente.

Com a ampliação, o Projeto Indústria de Alimentos vai atender, dentro de uma lógica coletiva, empresas como panificadoras, sorveterias, indústria de polpa de frutas, geleias, fabricantes de frutas cristalizadas e outros. Dessa forma, é esperada a ampliação da competitividade dos pequenos negócios do segmento.

Atualmente, 10 empresas são atendidas de forma contínua e outras pontualmente. Empresários interessados em participar do projeto podem entrar em contato com o Sebrae por meio do telefone (77) 3424-1600 ou dirigir-se à unidade do Sebrae em Vitória da Conquista.

Via Agência Sebrae




- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -