27.8 C
Guanambi
21.9 C
Vitória da Conquista

TVE exibe filme sobre Glauber Rocha nesta sexta-feira

- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -




‘Glauber – O filme, Labirinto do Brasil’ estreia nesta sexta-feira (20), às 22h30, na TVE. O documentário sobre a vida e morte do cineasta baiano faz parte da faixa ‘O Cinema de Silvio Tendler’, que exibirá até o fim do ano outras grandes obras do diretor.

O filme é um tributo à memória de um artista que idealizava um cinema independente e libertário, e traz imagens do enterro, depoimentos de quem acompanhou sua trajetória, seus pensamentos e ideias, como Ferreira Gullar, Arnaldo Jabor, Nelson Pereira dos Santos, Orlando Senna, Paulo César Saraceni, Helena Ignez, José Celso Martinez Corrêa, João Ubaldo Ribeiro e Sylvie Pierre, entre outros.

Para realizar o filme sobre a morte de Glauber Rocha, cineasta que revolucionou o cinema e mais intensamente pensou o Brasil em filmes, escritos e entrevistas, o diretor Silvio Tendler esperou 21 anos, após a família do diretor baiano ceder as imagens históricas do velório e do enterro.

Homenageado no Festival de Cannes (2004) – ‘Hor concours’, o documentário foi premiado no Festival de Cinema de Brasília – 2003 (Melhor filme pelo júri popular e Prêmio da crítica e dos pesquisadores) e no Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá – 2004 (Melhor produção e Melhor roteiro). ‘Glauber – O Filme, Labirinto do Brasil’, foi exibido também na Mostra do Cinema Brasileiro na América Latina, Festival de Trieste na Itália e Mostra do Amanhã em Roma e Padova, na Itália.

Glauber Rocha

Glauber Rocha foi um diretor, roteirista, ator e escritor brasileiro. Ele foi uma figura importante do chamado Cinema Novo e um dos cineastas brasileiros mais premiados internacionalmente. Seus filmes de vanguarda retratam conflitos sociais e políticos do Brasil. Glauber Rocha é conhecido pela frase “Uma câmera na mão e uma ideia na cabeça”, que resume a maneira como ele fazia cinema.

Ele nasceu em 14 de março de 1938 em Vitória da Conquista, na Bahia. Viveu em sua cidade natal até 1948, quando se mudou com a família para Salvador. Em 1957, ele ingressou na faculdade de direito da Universidade da Bahia. Em 1959, realizou seu primeiro filme, o curta-metragem Pátio, que chamou a atenção dos críticos. Por volta de 1960, abandonou o curso de direito e passou a trabalhar como jornalista e crítico de cinema. Em 1961, filmou seu primeiro longa-metragem.

Após o golpe de 1964 e o início da ditadura no Brasil, Glauber Rocha entrou em conflito com as autoridades brasileiras e chegou a ser preso por um breve período por protestar contra o regime militar. Ele acabou optando pelo exílio e saiu do país em 1970. Nesse período, viajou por várias partes do mundo e continuou fazendo filmes. O cineasta retornou ao Brasil em 1976.

Glauber Rocha morreu em 22 de agosto de 1981, no Rio de Janeiro, aos 43 anos, em consequência de complicações pulmonares. Ele foi casado três vezes e teve cinco filhos.




- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -