31.6 C
Guanambi
27.7 C
Vitória da Conquista

Sete ruas e duas avenidas foram denominadas em Guanambi, veja os homenageados

- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -




Por meio de leis municipais aprovadas pela Câmara de Vereadores, a Prefeitura de Guanambi nomeou sete ruas e duas avenidas. Além disso a unidade de saúde conhecida como Polimeg passa a se chamar Dr. Ginaldo Cerqueira Gomes.

As primeiras alterações foram sancionadas no edição do Diário Oficial Município no dia 28 de julho. Na última quarta-feira, outras leis foram sancionadas e publicadas.

A Avenida A do bairro renascer passou a se chamar “Avenida Deputado Haroldo Lima. Já no Loteamento Paraíso, a Avenida  A passa a se chamar “Avenida Dr. Etelvino Pereira Donato”,  conhecido na cidade como Dr. Teco Donato).

Em comum, os três homenageados com nomes de avenidas e da Polimeg tiveram a causa de suas mortes, ambos morrem vítimas da Covid-19. O ex-deputado morreu em março, aos 81 anos, enquanto Dr. Ginaldo morreu em maio, com 84 anos, e Dr. Teco morreu no mês de julho, aos 96 anos.

Com as novas denominações, a prefeitura precisa atualizar seus cadastros e informar as mudanças aos Correios e às companhias de energia e água.

Ruas

No bairro José Humberto Nunes, a Rua M passou a ser denominada rua “Alfredo Alves Pereira” e  a Rua I passou a ser camada de rua “Delson Carneiro de Araújo”.

Já no bairro BNH, a rua Três passa a se chamar “Rua Sgt PM Godolfredo Ornelas”, enquanto a rua Quatro do Loteamento Santa Rita foi denominada de  “Rua Osvaldo Cassimiro Fernandes”.

No bairro Renascer Dois, a rua Três recebeu o nome de “Rua Daniel Silva Costa e no Loteamento Paraíso a Rua Dez passa a se chamar “Rua Juvenal Cardos dos Reis.

Por fim, no distrito de Morrinhos, a Rua localizada no fundo do clube de campo de Futebol Ribeirão foi denominada “Rua Ana Santana de Castro.

ANA SANTANA DE CASTRO

(Distrito de Morrinhos, antiga rua do fundo do clube de campo de Futebol Ribeirão)

Nasceu no dia 10 de abril de 1940, na Fazenda Vereda, filha de Benjamin Justino de Castro e Rita Maria da Castro. Casou-se com o Senhor Antônio Castro e foi morar na fazenda Invernada, região do distrito de Morrinhos. Viveram uma vida exemplar de família simples e trabalhadora do campo. Tiveram 12 filhos, dos quais, dois morreram ainda crianças. Todos foram criados e educados com muito amor e carinho por seu Antônio e Dona Ana, seguindo os caminhos da honestidade, humildade e da boa vivência no meio social. A Senhora Ana Santana não media esforços para ajudar todas as pessoas que a procurava. Ela morreu no dia 25 de julho de 2015,.

ALFREDO ALVES PEREIRA

(Bairro José Humberto Nunes, antiga Rua M)

Alfredo Alves Pereira nasceu em 12 de outubro de 1937, na fazenda Caatinga, região de Caetité. Foi o quinto filho de Manoel Pereira Sobrinho e Joana Rosa de Jesus. Veio para a Comunidade de Jatobá, em Guanambi, aos 8 anos de idade com sua família, onde permaneceu até o seu falecimento. Adulto, se casou com Ana Pereira Alves, com que teve 8 filhos. Toda a sua vida foi dedicada à agricultura familiar, de onde vinha o sustento de sua família. Viveu uma vida simples e pacata, sempre respeitado por todos por sua honestidade e dignidade. Faleceu aos 83 anos de causas naturais, no dia 20 de março de 2021. Sempre acreditou numa sociedade justa.

DANIEL SILVA COSTA

(Bairro Renascer Dois, antiga Rua Três)

Daniel Silva Santos, o Dan, como era carinhosamente chamado por todos que o conheciam, nasceu no dia 17 de junho de 2009 em Guanambi, filho do cantor gospel Kéu Costa e da recepcionista Pati Costa, que descobriu a gravidez aos dois meses em um raio X após um acidente de moto. Após outras complicações durante a gestação, como uma gripe forte, Dan nasceu pré-maturo de oito meses. Aos seis meses, foi diagnosticado com má formação cerebral congênita por Citomegalovírus, ou seja, o vírus o afetou ainda quando estava na barriga de sua mãe. No seu curto espaço de vida, ele chegou a viver com qualidade após a família buscar tratamento e contar com a solidariedade de muitas pessoas, até adoecer aos oito anos e morrer após complicações de uma pneumonia. Dan trazia sempre no rosto um sorriso doce e um olhar que transmitia muita paz. Apesar do pouco tempo que passou na terra, deixou um legado de luta, de alegria em meio às dificuldades. Ele morreu no dia 15 de setembro de 2017, aos 8 anos.

DELSON CARNEIRO DE ARAÚJO

(Loteamento Dr. José Humberto Nunes, antiga Rua I)

Delson Carneiro de Araújo, lavrador, filho de Abílio Araújo Braga e Ana Flora de Araújo, nasceu dia 2 de abril de 1930, em Lagoa Redonda, Município de Caetité. Com 7 anos, sua família se mudou para a Comunidade de Morro da Inácia, no município de Guanambi, onde permaneceu até o seu falecimento. Aos 24 anos casou-se com Maria Gomes de Araújo, com quem teve 13 filhos. Após ficar viúvo, casou-se novamente e teve mais cinco filhos. Posteriormente adotou mais duas crianças, chegando a um total de 19 filhos. Ele faleceu de causas naturais com 89 anos no dia 4 de dezembro de 2019.

ETELVINO PEREIRA DONATO

(Loteamento Paraíso, antiga Rua A)

Etelvino Pereira Donato, Dr. Teco, como era conhecido, nasceu em Guanambi, em 10 de outubro de 1924, na comunidade de Periperi, filho de Gasparino Pereira Donato e Ana Flora de Castro Donato. Foi casado com a professora Arlinda Rodrigues Donato, falecida em abril deste ano, com quem teve cinco filhos – Fábio, Mirian, Paulo Emílio, Luz Sérgio e Sérgio Luiz. Em 1948 ele concluiu o curso de Odontologia na Escola de Odontologia de Minas Gerais, hoje, Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Voltou à Guanambi logo em seguida para exercer a profissão, sendo o segundo dentista com formação acadêmica da cidade e o mais longevo em atuação. O homenageado também exerceu carreira política como vereador em duas legislaturas, 1951-1954 e 1955-1958, e exerceu a função de presidente da Câmara de Vereadores de Guanambi. Ele foi um dos fundadores do Colégio São Lucas, atual Colégio Estadual Governador Luiz Viana Filho. Cemitério Municipal, Estádio Dois de Julho e Hospital Regional. Paralelo às atividades, ainda trabalhava com a agropecuária e parte de suas terras foram transformadas no bairro Paraíso na década de 70, onde hoje está localizada parte do Cemitério Municipal, Estádio Dois de Julho e Hospital Geral de Guanambi (HGG). Ele morreu no último dia 24 de julho, aos 96 anos, após complicações da Covid-19. A homenagem foi indicada pelo vereador Paulo Costa (PCdoB).

GINALDO CERQUEIRA GOMES

(Polimeg Dr. Ginaldo Cerqueira Gomes)

Dr. Ginaldo foi um dos pioneiros em Guanambi no trabalho de atendimento médico ginecológico no serviço público. Teve uma atuação de destaque em Guanambi, assumindo cargos como de secretário municipal de Saúde, diretor do Hospital Municipal de Guanambi, hoje a Polimeg que recebe o seu nome. Antes da homenagem com o nome do equipamento público, Ginaldo foi homenageado pela Câmara de Vereadores com o Título de Cidadão Guanambiense e com a Medalha Dr. José Humberto Nunes. Pelo seu destaque na área de Saúde, ganhou o carinho e respeito da comunidade. Natural do município de Irará e residente em Guanambi por mais de 50 anos, foi mais uma das vítimas da Covid-19 aos 84 anos, no dia 13 de maio, em Salvador.

GODOFREDO ORNELAS

(Bairro BNH, antiga Rua Três)

O Sgt PM Ornelas, como era conhecido, Nasceu em 7 de novembro de 1943, em Simões Filho. Chegou a Guanambi no início de 1969, como policial militar e atuou na segurança pública do município até 1991, quando entrou para a reserva. Foi um policial integro, que exercia a farda com honestidade, rigor e agia com destreza. Também foi um dos fundadores da Associação de Menores de Guanambi. Ele era casado com Dagmar Moura Ornelas, com quem teve 4 filhos – Ten. Jacimara Ornelas e Cabo Jakeline Ornelas, que seguiram sua atividade profissional, além de Jane e Marcelo Ornelas. Ele morreu no dia 16 de maio de 2021. A indicação da homenagem foi do vereador Paulo Costa.

HAROLDO LIMA

(Bairro Renascer, antiga Avenida A)

Haroldo Borges Rodrigues Lima nasceu em Caetité, no dia 7 de outubro de 1939, filho de Benjamin Teixeira Rodrigues Lima e Adelaide Borges Rodrigues Lima. Engenheiro Elétrico de formação, Haroldo Lima iniciou sua carreira política em movimentos estudantes contrários à ditatura militar que se instalava no país, Foi preso em 1996 e libertado em 1979 com a Lei da Anistia. Em 1982 iniciou seu primeiro mandato como deputado federal, ficando na Câmara por cinco legislaturas, até 2003. Em 2005 foi indicado como Diretor Geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP). Haroldo era casado com Solange Silvany Rodrigues Lima, com quem teve três filhas. A homenagem foi indicada pelo vereador Paulo Costa. O ex-deputado morreu no dia 24  março de 2021, vítima da Covid-19, aos 81 anos.

JUVENAL CARDOSO DOS REIS

(Loteamento Paraíso, antiga Rua Dez)

Conhecido com Seu Jove, Juvenal Cardoso dos Reis nasceu no dia 6 de abril de 1924, dia de Folia de Reis, no Gentio, antiga vila localizada onde hoje é o lago da barragem de Ceraíma. Ele foi um tradicional comerciante na cidade, onde possuía uma tradicional venda desde 1963, na Praça 15 de Novembro, frequentada por políticos e até por celebridades como o cantor Waldick Soriano. Antes disso, foi para São Paulo como tropeiro, onde aprendeu a profissão de comerciante, voltando para Guanambi pouco mais de uma ano depois. Ele também foi um jogador de futebol amador bastante conhecido na cidade. Juvenal morreu no dia 9 de abril de 2020. Ele foi casado com a Dona Sisinia Maria dos Reis (D. Santa) e teve sete filhos. A indicação foi do vereador Rafael Macedo (PT).

OSVALDO CASSIMIRO FERNANDES

(Loteamento Santa Rita, antiga Rua Quatro)

Osvaldo Casemiro Fernandes faleceu no dia 13 de agosto de 1996. Ele era filho de Manoel Cassimiro Fernandes e Regina de Azevedo Fernandes, natural de Guanambi. Foi morador da Rua Medeiros Neto, no bairro Vomitamel, pai de 13 filhos. De reputação ilibada, sempre trabalhou como lavrador. Deixou uma grande quantidade de netos e bisnetos em sua trajetória e sempre foi muito bem acompanhado de pessoas íntegras por ser uma pessoa amiga e companheira. A homenagem foi indicada pelo vereador Edileno (DEM).

*As informações sobre a biografia dos homenageados foram apresenta junto às projetos de Lei.

 




- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -