25.9 C
Guanambi
19.7 C
Vitória da Conquista

Governo atribui operação da Azul em Guanambi e Paulo Afonso à redução do ICMS dos combustíveis de aviação

- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -

Na próxima segunda-feira (20), acontece o voo inaugural da empresa aérea Azul para Guanambi, no sudoeste baiano, partindo do aeroporto de Confins, em Belo Horizonte, com quatro frequências semanais.

O Governo do Estado atribuiu a redução da alíquota do ICMS sobre o querosene usado na aviação, aos investimentos das empresas aéreas para implantação de novos voos e retomada de linhas que estavam desativadas na Bahia.

Além do voo inédito para Guanambi, a Azul também anunciou para outubro a retomada dos voos para Lençóis, na Chapada Diamantina, duas vezes por semana. Em dezembro, a empresa vai retomar também os voos para o município de Paulo Afonso, na região norte, mas ainda não anunciou detalhes da operação.

“Outra boa notícia é que a Infraero vai passar a administração do aeroporto de Paulo Afonso para o Governo do Estado. Assim que a transferência for concretizada, vamos fazer intervenções para melhorar o equipamento”, relatou o secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti.

A Latam Linhas Áreas já está realizando o novo voo regular de São Paulo para a Ilha de Comandatuba, no sul do estado, com saída do aeroporto de Congonhas e duas operações por semana. Antes, a empresa fazia somente voos charters para a ilha. Será também da Latam, em dezembro, o voo de São Paulo para Vitória da Conquista, no sudoeste baiano, com partida do aeroporto de Guarulhos e cinco frequências semanais.

“Apesar de o Governo Federal tentar pongar no esforço que o Governo da Bahia tem feito para a retomada do turismo, o trade sabe que os novos voos só estão chegando, por causa da política de incentivo fiscal do Estado e de outras ações no setor. Essa é a verdade. E vamos continuar trabalhando para atrair mais linhas”, ressaltou o secretário estadual do Turismo, Maurício Bacelar.

- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -