26.3 C
Guanambi
22.2 C
Vitória da Conquista

Ponte mais nova sobre o rio São Francisco impulsiona atividades econômicas na Bahia

spot_img
- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -

Quatro meses após ser inaugurada na Bahia, a ponte que liga os municípios de Barra e Xique-Xique registrou a passagem de aproximadamente 140 mil veículos. Responsável por ligar o Oeste à região de Irecê, ela tem facilitado o escoamento de safras, desde que foi entregue, em dezembro de 2021.

Mês após mês, o número de veículos comerciais que utilizam a ponte tem aumentado, registrando a movimentação de 31% do fluxo obtido até agora. A obra beneficia diretamente cerca de 2,5 milhões de baianos.

Além de motoristas, a ponte sobre o Rio São Francisco também é utilizada por ciclistas e pedestres, que antes faziam a travessia em balsas que levavam até uma hora, considerando o tempo de espera, para chegar ao outro lado.

Com investimento de R$ 133 milhões, a obra estruturante foi realizada pelo Governo do Estado, sendo entregue um ano antes do previsto. Atualmente, 147 empregos diretos e indiretos são gerados somente com o funcionamento do equipamento, que conta com equipe fixa de manutenção, operação e engenharia.

Pedágio

Atravessar o rio São Francisco entre Xique-Xique e Barra não é de graça. Isso porque a obra foi realizada por meio de uma parceria público privada (PPP). A Concessionária Estrada do Feijão (Concef) é a responsável pela operação do sistema BA-052 e pela construção da ponte.

A cobrança de pedágio foi iniciada em janeiro. Motociclistas devem pagar R$8,70 para poder trafegar de uma lado por outro, enquanto automóveis, caminhonetes e furgões pagam R$ 17,50. Veículos do mesmo tipo com semirreboque pagam R$ 26,20 e com reboque R$ 35,00.

Motoristas de veículos comerciais de três eixos devem pagar R$52,50 pela travessia. Quantos mais eixos maior o valor, chegando a até R$ 157,50 para travessia de veículos de nove eixos.

Vejas os valores do pedágio da ponte Xique-Xique/Barra

Além da ponte, a Concef é também responsável pela gestão dos 545,4 quilômetros da Estrada do Feijão. O Sistema Rodoviário BA-052 tem início nas imediações de Feira de Santana, passa pelo município de Xique-Xique, de onde segue até Barra, na BA-160. O pedágio será cobrado apenas na travessia da ponte.

Outras pontes

Além da mais jovem e recém-inaugurada Ponte Barra – Xique-Xique, nos últimos 15 anos, o Governo do Estado investiu na construção e recuperação de uma série de pontes e passarelas que têm ajudado a interligar de forma mais rápida e segura diferentes cidades e facilitado a vida de seus habitantes.

Entre os destaques estão a ponte Ilhéus-Pontal (2020); ponte sobre o Rio Baetantã, em São Roque do Paraguaçu (2019); ponte sobre o Rio Itapicuru Mirim, na BA-381, entre Itiúba e Filadélfia (2018); ponte sobre o Rio Pratigi, em Ipirá (2017) e a ponte sobre o Rio de Ondas, em Barreiras (2013). Em 2010, foi construída a passarela Luiz Felipe de Souza Leão, que liga São Félix do Caribe e Santa Maria da Vitória.

Ponte sobre o Rio Itapicuru Mirim, na BA-381, entre Itiúba. Foto: Camila Souza/GOVBA
Projetos em andamento

Atualmente, outras obras estão em andamento, como a ponte sobre o Rio Paramirim, com 70% de serviços concluídos e 30 metros de extensão, na BA-160. O equipamento conta com investimentos de R$ 3,6 milhões e vai facilitar o deslocamento entre a BR-242 e o município de Morpará. O Governo do Estado trabalha ainda na construção da ponte sobre o Rio Sauípe, com 66,60m, e a do Rio Juerana, com 22,60m. As duas fazem parte da obra de implantação da BA-504, entre Itanagra e o entroncamento da BA-099 (Linha Verde).

- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -