Guanambi e Região

Após acordo com MP, Guanambi deverá promover concurso público

Publicado por
Redação
Compartilhado

O Município de Guanambi firmou Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público (MP) estadual para realização de concurso público de provas e títulos visando o preenchimento de cargos vagos e com alta incidência de contratações temporárias nos anos de 2021 e 2022, bem como cadastro reserva.

Pelo acordo, o resultado final do concurso deve ser homologado até o dia 31 de maio de 2023. Além disso, para os cargos de agente comunitário de saúde e agente de combate a endemias, o Município de Guanambi deve lançar o edital do concurso público até o dia 31 de julho e homologar o mesmo até 31 de dezembro deste ano.

Segundo a promotora de Justiça Tatyane Miranda Caires, autora do TAC, o Município de Guanambi não realiza concurso público para provimento da maioria de seus cargos vagos desde 2015, à exceção dos cargos de agente comunitário de sáude, cujo último concurso foi realizado em 2008, e professor, que foi realizado em 2015.

“Após levantamento realizado no segundo semestre de 2021, identificou-se a existência de 3.287 cargos efetivos vagos na área de educação e 2.130 cargos efetivos vagos nas demais áreas da administração pública”, destacou a promotora de Justiça. Dra Tatyane ainda complementou que, em 2021, o Município de Guanambi realizou 1.565 contratações temporárias para exercício de funções permanentes e rotineiras.

Além disso, entre os meses de janeiro de 2021 a fevereiro de 2022, o Município registrou uma proporção média de 45,9% de servidores temporários em relação ao número total de servidores públicos contabilizados no mesmo período.

Segundo o MP, no acordo, o Município de Guanambi se comprometeu ainda a não realizar novos processos seletivos simplificados para preenchimento de cargos, empregos ou funções destinadas a preencher necessidades ordinárias e com caráter permanente.

Além disso, nos concursos públicos que forem promovidos a partir do dia 3 de maio, data de assinatura do TAC, o Município deverá assegurar reserva, dentre o total de vagas oferecidas, de um quantitativo mínimo de 5% em prol dos candidatos com necessidades especiais.

O município de Guanambi deve, ainda, assegurar um mínimo de 20% em prol dos candidatos negros e pardos que se autodeclararem no ato da inscrição no concurso público, conforme o quesito cor ou raça utilizado pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Antes de assinar o acordo, a Prefeitura de Guanambi já havia anunciado outro concurso público com 80 vagas para Guardas Municipais e 20 para agentes de Trânsito.

Esta postagem foi modificada pela última vez em 10 de maio de 2022 09:58

Redação
Publicado por
Redação

Notícias recentes

Azul vende passagens para voo direto de Montes Claros para Guanambi

A Azul Linhas Aéreas disponibilizou a venda de passagens de Montes Claros para Guanambi. As…

Mulheres de comunidade rural de Pindaí melhoram renda com a produção de hortaliças e frutíferas

As agricultoras da Associação de Mulheres Estrela Dourada, localizada na comunidade do Jacu, zona rural…

Caso suspeito de varíola dos macacos em Caetité foi descartado

Por meio do boletim de Vigilância, Alerta e Resposta ao Evento de Saúde Pública –…

Novos casos da varíola dos macacos foram confirmados em Feira de Santana, Salvador e Xique-Xique

Mais cinco casos da varíola dos macacos (Monkeypox) foram registrados nesta quarta-feira (10) na Bahia. De…

Concurso da Câmara de Camaçari oferta 50 vagas

A Câmara Municipal de Camaçari abriu Concurso Público visando preencher 50 vagas para 14 cargos…

Estado da Bahia repudia demolição de imóvel de Frans Krajcberg em Nova Viçosa

O Governo da Bahia emitiu uma nota de repúdio após a demolição de um imóvel…