19 C
Guanambi
15.3 C
Vitória da Conquista

Em enquete nas redes sociais, vice-prefeito de Guanambi pergunta se deve continuar ou não no grupo político de Nilo Coelho

spot_img
- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -

O vice-prefeito de Guanambi, Nal Azevedo (União), usou seu perfil no instagram para fazer uma enquete perguntado a seus seguidores se ele deve ou não continuar fazendo parte do grupo político do prefeito Nilo Coelho.

A publicação foi feita por volta das 21h desta quarta-feira (8). Por volta de 23h20, o resultado parcial indicava por 60% a 40% que ele não deveria continuar apoiando o titular do cargo máximo do executivo guanambiense. O Instagram não mostra para os leitores quantos já participaram da enquete.

Questionado pela reportagem da Agência Sertão, Nal disse que fez a enquete apenas para receber um feedback do seu eleitorado, não necessariamente para tomar uma decisão imediata. "Eu simplesmente fiz uma enquete para saber o humor dos meus seguidores e eleitores sobre a atual gestão e o meu papel nela como vice. Tenho recebido muitas mensagens de muitas pessoas e isso vai me ajudar a me posicionar melhor. É como se fosse uma pesquisa dessas que todo político faz, a diferença é que nesta o resultado ficará aberto para a população", disse.

Nal afirmou que não rompeu politicamente com Nilo Coelho e que continua apoiando os mesmo pré-candidatos a deputado que o prefeito. "Tem coisas que acontecem na atual gestão que não me agradam, no entanto, sigo tentando ajudar o prefeito a acertar em suas decisões", disse.

No início do ano, em uma entrevista para uma emissora de rádio, o vice-prefeito se mostrou insatisfeito em relação a alguns problemas da gestão e chegou a dizer que faria uma enquete com este mesmo propósito.

Desde o inicio da gestão, em janeiro do ano passado, Nal Azevedo assumiu a cadeira de prefeito por quatro oportunidades. Foram quatro licenças para tratar de assuntos pessoais requeridas pelo prefeito, ambas de 15 dias. A última ocorreu no mês de abril.

Veja a enquete em tempo real.

- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -