Temperaturas podem superar os 35ºC em Guanambi durante boa parte de agosto

- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -

Ainda faltam 45 dias para o fim do inverno, mas a temperatura máxima chegou aos 33ºC em Guanambi na tarde deste domingo (7), conforme registrado pela Estação Meteorológica do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), localizada no Aeroporto Isaac Moura Rocha.

De acordo com os principais institutos e modelos meteorológicos, o calor deve aumentar durante a semana em toda a Região. As informações apontam que são esperadas temperaturas máximas acima dos 35ºC a partir desta quarta-feira (10).

As previsões também apontam que as tardes terão temperaturas acima dos 30º durante todo o mês de agosto, o que não é muito comum de ocorrer.

O calor fora de época é provocado um bloqueio atmosférico que permanece há semanas sobre boa parte do Brasil Central e está impedindo que o ar frio vindo do sul ingresse no território baiano.

As previsões apontam ainda que a condição deve permanecer por algum tempo e é pouco provável que volte a fazer frio de forma mais intensa a partir da metade Norte de Minas Gerias, como ocorreu entre o fim de maio e início de junho, ainda no outono.

No entanto, as madrugadas continuarão com temperaturas mais amenas com mínimas variando entre 17ºC e 20ºC nas primeiras horas dos próximos dias. A baixa umidade relativa do ar e os ventos fortes e constates contribuirão para a queda rápida da temperatura no final da noite e na madrugada. A amplitude térmica, diferença entre mínima e máxima, pode chegar aos 15°C.

Massa de Ar Polar

Uma nova massa de ar polar começa a avançar sobre o Sul do Brasil e seus efeitos podem provocar o efeito de friagem até na Região Norte. Entretanto, os modelos apontam que seus efeitos não devem interferir de forma significativa no tempo em áreas do Nordeste, justamente por conta do bloqueio atmosférico.

Se as previsões de médio e longo prazo estiverem corretas, enquanto a metade Sul do Pais continuará registrado frio, em Guanambi as tardes devem continuar quentes por um bom tempo.

Já a partir da segunda semana de setembro, as características do inverno podem voltar a predominar na região. Com máximas voltando para baixo dos 30ºC.

Chuvas

As previsões ainda não são muito precisas para o início da temporada chuvosa na região. As mais otimistas indicam que elas devem começar a ocorrer entre na virada do mês de setembro para outubro e que devem ficar regulares durante todo o período chuvoso, com maior intensidade em dezembro e janeiro.

Guanambi está a 112 dias em estiagem agrícola, período sem chuvas de pelo menos 10 mm num intervalo de 24 horas. A última chuva mais expressiva aconteceu em 17 de abril. O acumulado de chuva da estação 2021/2022 foi de 828 mm registrados pelo pluviômetro da Agência Sertão, localizado no Centro da cidade.

Veja também

Barragens de Guanambi têm 42% mais água do que no mesmo período do ano passado

- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -