33.1 C
Guanambi
28.5 C
Vitória da Conquista

Corpo de Bombeiros montou bases de resposta florestal em Barreiras, Juazeiro, Vitória da Conquista e Lençóis

Mais Lidas

https://materiais.henet.com.br/guanambi

O Corpo de Bombeiros Militar da Bahia deu início, na tarde desta quarta-feira (14), em evento realizado na sede da Base Avançada (Bavan) do Grupamento Aéreo da Polícia Militar (Graer), em Barreiras, à Operação Florestal 2022.

Lançada com apoio da Secretaria do Meio Ambiente (Sema) e da Superintendência de Proteção e Defesa Civil do Estado da Bahia (Sudec), a iniciativa visa a ampliação das ações de combate, prevenção e educação da população sobre focos de incêndio.

Além de ações de prevenção, as equipes realizarão o monitoramento e execução de atividades de monitoramento de focos iniciais de incêndio, capacitação de brigadistas voluntários e intervenções junto à população.

Reprodução | CBM-BA

“Este ano, o CBMBA montou quatro bases de resposta florestal instaladas em Barreiras, Juazeiro, Vitória da Conquista e Lençóis, com capacidade para 150 profissionais, cada, veículos e equipamentos de combate. Estamos prontos para enfrentar qualquer incêndio, em qualquer região do estado”, afirmou o coronel Adson Marchesini, comandante-geral do CBMBA.

Além dos Bombeiros Militares, brigadas municipais e privadas, e o PrevFogo, do Ibama, também atuam nos combates a incêndios florestais no estado.

Capacitação

A solenidade também marcou a formatura de vinte e oito bombeiros especialistas em combate a incêndios Florestais. Eles concluíram a V edição do Curso de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais (CPCIF) e estão à disposição para atuar ‘Operação Florestal 2022’.

A turma passou por 427 horas de aulas teóricas e práticas, em diferentes biomas, para treinar  o combate  e preservação das reservas naturais e , antes da formatura, já enfrentou um incêndio em Barreiras.

O cabo BM Wellington Gramacho dos Santos, lotado no 2º Grupamento de Bombeiros Militar (Feira de Santana), fez um discurso emocionado sobre os desafios enfrentados para se tornar um especialista na área. “Ao longo do curso passamos por várias dificuldades, iniciando com o esforço físico. Aqui em Barreiras, combatemos um incêndio, difícil de ser vencido pelo terreno acidentado, mas conseguimos debelar o fogo”, contou.

Dez novos brigadistas voluntários de Barreiras também foram instruídos  pelo CBMBA. Eles unirão esforços aos profissionais da instituição nas iniciativas de combate.  De janeiro a agosto, a corporação já formou 29 brigadas semelhantes  e tem a meta de chegar a 50 turmas capacitadas este ano.

“Vamos lançar uma campanha institucional para alertar a sociedade baiana sobres os cuidados necessários para a prevenção do fogo. Às vezes,  pequenos atos contribuem para ocorrência incêndios Florestais”, concluiu o comandante do CBMBA.

Aviões e helicópteros da Polícia Militar também darão apoio no combate ao fogo.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas Notícias