25.7 C
Guanambi
23.1 C
Vitória da Conquista

Uesb emite nota após divulgação de áudio com ameaça e intimidação por conta de resultado de eleições

- -

Últimas Notícias

Tiago Marques
Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com.br/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
https://materiais.henet.com.br/guanambi

A Universidade do Estado da Bahia (Uesb) divulgou uma nota de esclarecimento após a circulação de um áudio em grupos de WhatsApp. O conteúdo foi considerado como uma ameaça à integridade de professores e estudantes da instituição.

A gravação começou a ser divulgada após o fim das apurações da eleições em Vitória da Conquista, onde foi constatada a maior preferência do eleitorado ao ex-presidente Lula frente ao atual presidente Jair Bolsonaro.

De acordo com a nota, o autor do áudio atribui a vitória do candidato identificado com a esquerda à ação da Uesb na cidade e fala frases como “botar uma bomba” nesta “Uesbzinha da por***”. A atitude, na avaliação da instituição, é uma ameaça e constitui-se em uma agressão moral à comunidade universitária.

“Trata-se de mais um, dentre vários outros, exemplo contundente da baixeza, da indecorosidade e das pretensões intimidatórias com que, nos últimos tempos, temas de relevância para toda a sociedade têm sido tratados, por determinadas pessoas e grupos”, afirma a instituição que disse também ter procurado as autoridades policiais de Vitória da Conquista para solicitar que medidas sejam tomadas para coibir as intimidações.

A Uesb ressaltou ainda que é uma instituição promotora, em alto nível de qualidade e relevância, da ciência, da tecnologia, da formação profissional, da formação ética, do desenvolvimento social e econômico, da promoção social e da transformação de vidas. A nota listou uma série de atividades e acontecimento importantes realizados pela instituição nas últimas semanas.

Encerrada a totalização dos votos em Vitória da Conquista, Lula teve 111.892 votos (55,40%) e Jair Bolsonaro conquistou 73.828 (36,55%). Na Bahia, apenas Luís Eduardo Magalhães, no Oeste, e Buerarema, no Sul, foram as duas únicas cidades onde o atual presidente conquistou a maior votação. Nos demais 415 município, Lula foi o mais votado.

Veja a nota da Uesb

Circula, nos últimos dias, em grupos de um aplicativo de mensagens, um áudio dedicado, não necessariamente nesta ordem, a lamentar uma suposta “excessiva” votação de candidatos e partidos “de esquerda” em Vitória da Conquista, a associar esta votação excessiva da “esquerda” à ação da Uesb e, ainda, a lançar ameaças à instituição e seus profissionais, jactando-se, o autor do áudio, de sua intenção de “botar uma bomba” nesta “Uesbzinha da por***” e agredindo seus profissionais, em particular seus docentes.

Trata-se de mais um, dentre vários outros, exemplo contundente da baixeza, da indecorosidade e das pretensões intimidatórias com que, nos últimos tempos, temas de relevância para toda a sociedade têm sido tratados, por determinadas pessoas e grupos, nos debates envolvendo políticas públicas e o papel do Estado na promoção do desenvolvimento social.

Frente a difusão de tais ataques e ameaças, a Reitoria da Uesb informa que está providenciando, junto às autoridades policiais de Vitória da Conquista, o devido registro de ameaça à sua integridade e à das pessoas que compõem sua comunidade, de forma a se resguardar e a alertar as autoridades competentes, no caso de tais afrontas se multiplicarem ou se expressarem de forma ainda mais agressiva do que o registrado até o momento.

De toda forma, aproveitamos para registrar que a Uesb é uma instituição promotora, em alto nível de qualidade e relevância, da ciência, da tecnologia, da formação profissional, da formação ética, do desenvolvimento social e econômico, da promoção social e da transformação de vidas. E procuramos cumprir esta missão com muito orgulho, muita dedicação e muita responsabilidade.

E esta missão é cumprida diariamente, sob a forma de aulas, pesquisas e experimentos, ações de extensão, produção de artigos e estudos científicos, participação e organização de eventos, elaboração de novos projetos de ensino, pesquisa, pós-graduação e extensão, dentre várias formas de trabalho que são inerentes a um ambiente universitário.

E, além de todas estas atividades cotidianas, somente nos últimos 30 (trinta) dias, a Uesb ainda promoveu e executou, graças ao trabalho de seus docentes, discentes e servidores técnicos, diversas outras iniciativas, dentre elas:

1. iniciou os trabalhos técnicos para implantação de sua política de ações afirmativas para acesso aos seus 24 cursos de Mestrado e 09 cursos de Doutorado;

2. implantou nova estrutura curricular para todos os seus cursos de Licenciatura, ampliando a dimensão ética e inclusiva presente nos projetos pedagógicos dos cursos dedicados à formação de professores;

3. aprovou sua política institucional de internacionalização;

4. recebeu os resultados da avaliação da Capes sobre seus programas de pós-graduação, com resultados que indicaram pela elevação da nota de 08 (oito) dentre 17 (dezessete) programas avaliados;

5. lançou editais diferenciados de acesso às vagas de seus cursos de graduação, para candidatos portadores de diploma de curso superior e para transferência interna e externa;

6. abriu processo seletivo para acesso a diversos cursos de pós-graduação:
a) Mestrado Profissional em História;
b) Mestrado Profissional em Matemática;
c) Mestrado Profissional em Ensino de Física;
d) Mestrado Acadêmico em Educação Física;
e) Mestrado e Doutorado em Memória: Linguagem e Sociedade;
f) Mestrado e Doutorado em Bioquímica e Biologia Molecular;
g) Mestrado em Ensino;
h) Mestrado em Educação;
i) Mestrado em Linguística;
j) Mestrado e Doutorado em Educação Científica e Formação de Professores;
k) Mestrado e Doutorado em Engenharia e Ciência de Alimentos;

7. executou a seleção de propostas de trabalho para o Festival Cultural da Uesb: Estéticas e Ancestralidades;

8. implementou mais de 300 novas bolsas de iniciação científica, atendendo discentes de diversos cursos com bolsas próprias da Uesb, da Fapesb e do CNPq, além de cadastrar mais de uma centena de pesquisadores voluntários de IC;

9. divulgou resultados de seu projeto de extensão “Saúde em Bom Jesus da Serra”, que presta assistência e recolhe dados de pesquisa junto aos moradores do município de Bom Jesus da Serra, atingidos pela exposição ao amianto;

10. realizou eventos de fortalecimento e celebração da dimensão inclusiva e diversa de sua comunidade, inaugurando seu 1º Encontro Digaí – Diversidade e Gênero, Acessibilidade e Inclusão;

11. foi homenageada pela Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista, pela ação continuada de seu programa de extensão vinculado ao Núcleo de Defesa da Criança e do Adolescente (NDCA);

12. aprovou a criação de novo curso de pós-graduação lato sensu – Especialização em Saúde e Ambiente, com implantação em fevereiro de 2023;

13. apresentou à Capes proposta de criação de novo curso de Mestrado: Mestrado Acadêmico em Administração;
14. criou política especial de atração de pesquisadores estrangeiros, oriundos de países em desenvolvimento, para atuação junto aos seus programas de pós-graduação;

15. criou nova ação de permanência estudantil, baseada na integração arte/permanência/extensão/ensino, com o lançamento de edital para concessão de 65 bolsas para discentes, para atuação no campo do teatro e da interação universidade/escola básica;

16. lançou edital para concessão de uso de equipamentos notebook para estudantes habilitados em seu programa de assistência estudantil, para auxiliar estes discentes no desenvolvimento das atividades acadêmicas vinculadas aos seus cursos;

17. e diversas outras ações que abdicamos de registrar aqui.

Enquanto alguns agridem e ofendem, a Uesb – seus docentes, discentes e técnicos – trabalha. Muito. Em benefício da ciência, da inclusão e da cidadania. Esta é nossa missão e dela não abrimos mão.

Relacionadas

Deixe uma resposta

- -

Mais Lidas