20.6 C
Guanambi
16.9 C
Vitória da Conquista

Com chegada de período chuvoso, Vitória da Conquista alerta população quanto ao combate ao Aedes Aegypti

Mais Lidas

https://materiais.henet.com.br/guanambi

Com a chegada das altas temperaturas e maiores possibilidades de chuvas torrenciais, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Vitória da Conquista já está em estado de alerta contra o Aedes aegypti. Até 6 de outubro, segundo o órgão, foram 465 casos de arbovirose no município.

“Está iniciando o período mais crítico do ano, devido às condições favoráveis para a reprodução do mosquito. Entretanto, ainda estamos conseguindo controlar os focos do mosquito. As orientações são as mesmas que todos nós já conhecemos para evitar qualquer acúmulo de água parada”, reforçou Gabriela Andrade, coordenadora do Centro de Controle de Endemias.

De acordo com o boletim epidemiológico mensal da SMS, do mês de janeiro até esta quinta-feira (6), foram registradas 2.540 notificações de casos suspeitos das arboviroses no município, com 465 deles confirmados laboratorialmente, sendo 209 casos de dengue, 249 de chikungunya e sete de zika. Até o mês de agosto, tinham sido confirmados 429 casos dessas doenças, um aumento de 7,74%.

Também foram descartados, por análise laboratorial, 1.243 casos suspeitos para essas doenças e 496 foram inconclusivos. Outras 336 pessoas estão aguardando o resultado laboratorial.

Apesar da recente identificação no Estado de uma nova variante do vírus da dengue tipo 2, chamada Cosmopolita, até o momento, não foi confirmado em Vitória da Conquista nenhum caso dessa cepa.

Ainda de acordo com Andrade, as equipes de endemias estão vigilantes com o trabalho intensificando em todas as frentes e pede, ainda, o apoio de toda a população. “A limpeza não se restringe só às residências. É importante ficar atento a possíveis focos de água parada na escola, no trabalho e em outros locais frequentados diariamente”, complementou.

A forma mais eficaz no combate à dengue ainda é a prevenção. Pelo menos uma vez por semana, a população deve verificar a vedação adequada das caixas d’águas e piscinas, água parada em pequenos recipientes, ralos, calhas, vasos de plantas e até a bandeja externa da geladeira. O descarte do lixo também deve ser feito em horário e locais apropriados.

A SMS informa que, em caso de febre, dores no corpo, articulação ou ao redor dos olhos e até sangramento nasal, a pessoa deve procurar a unidade de saúde mais próxima de sua casa para receber atendimento. Se precisar fazer uma denúncia ou solicitar a visita dos agentes de endemias, entre em contato com o Centro de Controle de Endemias de Vitória da Conquista por meio do número: (77) 3429-7421.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas Notícias