25.6 C
Guanambi
20.6 C
Vitória da Conquista

Estudantes do Cetep Sisal são finalistas de programa global da Samsung

Mais Lidas

https://materiais.henet.com.br/guanambi

Estudantes do Centro Territorial de Educação Profissional do Sisal II, na cidade de Araci, na Região de Serrinha, estão entre os finalistas da 9ª edição brasileira do Solve For Tomorrow, programa global de cidadania corporativa promovida pela Samsung, gigante da área de tecnologia, com coordenação geral realizada pelo Cenpec.

Eles submeteram um projeto de produção de luvas a partir do bioplástico produzido da agave sisalana, planta introduzida na região com múltiplas funções. O trabalho é orientado pela professora Pachiele da Silva Cabral e a equipe conta com estudantes do 1º ano do curso técnico de Análises Clínicas.

Os dez finalistas do programa foram conhecidos nesta terça-feira (10). A iniciativa é conhecida por estimular alunos e professores da rede pública de ensino a desenvolverem soluções para problemas locais por meio da abordagem STEM (sigla em inglês para Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática).

O Norte e Nordeste são as regiões com mais projetos finalistas dessa 9ª edição do programa, com três equipes selecionadas cada, totalizando seis finalistas. O Sudeste é a segunda região de maior destaque, com dois projetos finalistas. As regiões Sul e Centro Oeste têm um projeto selecionado cada. Além disso, o recorte por estado coloca São Paulo e Amazonas como destaque, cada um com duas equipes selecionadas para a final do programa. Santa Catarina, Maranhão, Ceará, Bahia, Rondônia e Mato Grosso do Sul têm um projeto finalista cada.

A maioria das equipes que estão concorrendo ao prêmio, têm em comum a temática de seus projetos: a sustentabilidade. Cinco deles são focados em iniciativas de produção sustentável, como a produção de embalagens biodegradáveis e de luvas a partir de bioplástico, por exemplo. Outras equipes finalistas criaram soluções com foco em energia eólica e economia no consumo de gás. Há, ainda, propostas voltadas ao tratamento da água, à recuperação ambiental e à área da saúde.

Conforme o cronograma da edição, as 10 equipes finalistas devem produzir um vídeo falando sobre seu projeto. Esses vídeos estarão disponíveis no site do programa no período de votação, que terá início em 8 de novembro. Além disso, entre os dias 5 de outubro a 8 de novembro, as equipes finalistas terão sessões de mentorias técnicas para apoiar a produção de modelos/protótipos antes da final, que acontece em 22 de novembro e será marcada pela cerimônia de encerramento junto ao anúncio dos vencedores.

No Brasil desde 2014, o Solve For Tomorrow já envolveu mais de 168.559 estudantes, 36.420 professores e 6.049 escolas públicas. Em sua atual edição, o programa registrou um aumento de 65% de alunos inscritos em comparação ao ano anterior. Além disso, em 2022 a iniciativa teve um crescimento de 20% no número de escolas inscritas em comparação a 2021 e obteve inscrições de todos os estados brasileiros, com destaque para São Paulo, Minas Gerais e Pernambuco, que tiveram maior número de projetos registrados.

“A Samsung tem um forte compromisso com iniciativas voltadas à educação. Por isso, ficamos tão felizes em ver os resultados da 9ª edição do Solve For Tomorrow, e o quanto este programa estimula os estudantes a criarem soluções para problemas reais”, afirma Anna Karina Pinto, diretora de Marketing Corporativo da Samsung Brasil. “Ano após ano temos mais estudantes e professores engajados, o que representa também um aumento na quantidade de alunos inseridos no campo da ciência, em linha com o que estimulamos por meio da visão global de Responsabilidade Social: ‘Together for Tomorrow! Enabling People’”, complementa.

“Ao ter como foco escolas públicas e oferecer atividades de mentoria e formação, o programa Solve for Tomorrow Brasil contribui para a promoção da qualidade na educação brasileira”, afirma Beatriz Cortese, Diretora Executiva do Cenpec. “Destaco também a relevância das propostas finalistas em 2022. São projetos conectados com os desafios atuais e do futuro, sobretudo na área ambiental”.

O Prêmio Solve For Tomorrow conta com uma rede de parceiros, como a representação no Brasil da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO no Brasil), da Rede Latino-Americana pela Educação (Reduca) e da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI), além do apoio do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed).

Para mais informações, acesse o site https://respostasparaoamanha.com.br/ ou baixe o aplicativo do Respostas para o Amanhã na Play Store.

Confira os 10 projetos finalistas da 9ª edição do Solve for Tomorrow:

EE ÂNGELO SCARABUCCI

  • Macafiltro: uso da macaúba para remoção de agrotóxicos de água contaminada
  • Franca/SP

EEB BOM PASTOR

  • GEEVACDA – Protótipo de Gerador Elétrico Eólico Vertical de Baixo Custo
  • Chapecó/SC

ESC ESTADUAL NOSSA SENHORA DE NAZARÉ

  • Fogão Híbrido (FH01) potencializando a economia no consumo do gás de cozinha
  • Manacapuru/AM

IFRO – CAMPUS PORTO VELHO CALAMA

  • Elaboração de uma biopomada como alternativa no tratamento da Leishmaniose
  • Porto Velho/RO

EE PROF FÁTIMA GAIOTTO SAMPAIO

  • Embalagens biodegradáveis: uma alternativa sustentável à agricultura familiar
  • Nova Andradina/MS

CENTRO DE ENSINO DE TEMPO INTEGRAL DOM UNGARELLI

  • Horta Magnética
  • Pinheiro/MA

ESC EST CETI PROFESSOR MANUEL VICENTE FERREIRA LIMA

  • Micro Estação de Tratamento de Água Domiciliar Portátil
  • Coari/AM

EEMTI MARCONI COELHO REIS

  • ARBOCAPS: Cápsulas Sustentáveis Biodegradáveis em combate à arboviroses
  • Cascavel/CE

EE PROF SEBASTIÃO DE OLIVEIRA ROCHA

  • ISOR’Color – Uma alternativa para a reciclagem do Isopor
  • São Carlos/SP

EE – CENTRO TERRITORIAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DO SISAL II

  • Produção de luvas a partir do bioplástico produzido através da Agave sisalana
  • Araci/BA

Veja o cronograma do Solve For Tomorrow 2022:

  • 3 de outubro a 3 de novembro: As equipes finalistas produzem um vídeo sobre o projeto
  • 5 de outubro a 8 de novembro: Mentorias aos finalistas
  • 8 a 20 de novembro: Votação para definir os 3 projetos vencedores do Júri Popular
  • 10 de novembro: III Mostra Solve for Tomorrow Brasil, em que as equipes finalistas apresentam seus projetos para a Banca Julgadora, responsável por definir os três vencedores nacionais
  • 22 de novembro: Cerimônia de encerramento e anúncio dos Vencedores Nacionais e no Júri Popular
  • Premiação dos finalistas e ganhadores
  • Finalista: 01 (um) tablet Samsung para cada um dos 5 (cinco) alunos das 10 (dez) equipes finalistas.
  • Finalista: 01 (um) notebook Samsung para cada um dos professores orientadores e, eventualmente, parceiros dos 10 (dez) projetos finalistas.
  • Vencedores pelo Júri Popular: os 5 (cinco) alunos de cada uma das 3 (três) equipes selecionadas pelo público, e seu respectivo professor orientador e, eventualmente, parceiro, serão contemplados, cada um, com 1 (um) fone de ouvido Samsung BUDs.
  • As escolas das equipes vencedoras pelo Júri Popular também serão premiadas com 1 (uma) Smart TV de 55” da Samsung.
  • Vencedores Nacionais: cada escola desses projetos será contemplada com duas Smart TVs de 55 polegadas da Samsung.
  • 1º lugar: 1 smartphone Galaxy da Serie S + 1 Smart TV 55” Samsung para cada aluno da equipe vencedora.
  • 2º lugar: 1 notebook Samsung + 1 Smart TV 55” Samsung para cada um dos alunos da equipe vencedora.
  • 3º lugar: 1 smartwatch Samsung + 1 Smart TV 55” Samsung para cada um dos alunos da equipe vencedora.

Sobre o Cenpec

Cenpec é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos, que há mais de 30 anos trabalha pela promoção da equidade e qualidade na educação básica pública brasileira. Por meio de pesquisas e de tecnologias educacionais, contribui no desenvolvimento integral de crianças, adolescentes e jovens, na formação de profissionais de educação, na ampliação e diversificação do letramento e no fortalecimento da gestão educacional e escolar. Em parceria com redes de ensino, espaços educativos e outras instituições de caráter público e privado, atua dentro e fora das escolas públicas para diminuir as desigualdades e garantir uma educação de qualidade a todos e todas. Saiba mais: www.cenpec.org.br.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas Notícias