20 C
Guanambi
17.9 C
Vitória da Conquista

Ato de Bolsonaro em Guanambi será em praça no Centro, presidente seguirá para Barreiras na sequência

Mais Lidas

https://materiais.henet.com.br/guanambi

O ato político com a presença do presidente Jair Bolsonaro em Guanambi será realizado às 9h da próxima terça-feira (25), às 9h, na Praça Coronel Cajaíba, próximo à Central de Abastecimento, no Centro da cidade.

Um convite em nome do prefeito Nilo Coelho (União) e do deputado federal Arthur Maia foi compartilhado nas redes sociais do parlamentar e por assessores e pessoas próximas ao grupo dos políticos. Eles irão participar do ato em apoio à reeleição do atual presidente, juntamente com outras lideranças políticas da região.

De Guanambi, o presidente seguirá para Barreiras, no Oeste Baiano. De acordo com o prefeito Zito Barbosa (União), Bolsonaro estará na cidade no fim da tarde. Ele não detalhou o horário exato e nem o local do ato com o presidente.

A visita às cidades baianas é uma tentativa de melhorar a votação do candidato à reeleição nas duas regiões. Tanto em Barreiras, quanto em Guanambi, o ex-presidente Lula (PT) foi o mais votado.

Na cidade do Oeste o petista teve 47.952 votos (58,05%) e Jair Bolsonaro (PL) alcançou 30.197 votos (36,56%). Já na cidade do Sertão Produtivo a diferença foi ainda maior, com 33.200 votos (64,43%) para lula e 15.837 (30,73%) para Bolsonaro.

No primeiro turno, o prefeito de Barreiras não declarou apoio a nenhum candidato a presidente em suas redes sociais e nem durante a campanha. Já Nilo Coelho gravou um vídeo no dia 7 de setembro manifestando apoio ao presidente já no segundo turno.

Logo após a apuração, Zito passou a veicular propagandas e aparecer nos atos políticos com o adesivo do número de Bolsonaro na camisa, enquanto Nilo reafirmou seu apoio para o pleito do próximo domingo (30).

Uma das maiores obras em execução pelo Governo Federal ocorre nas duas cidades. Trata-se do trecho dois da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), cujo avanço durante a gestão Bolsonaro foi de cerca de 20%, totalizando 58% de conclusão. Neste mesmo ritmo, seriam necessários pelo menos mas oito anos para conclusão da ferrovia.

O trecho 1, de Caetité a Ilhéus, tem os mesmos 75% de execução que tinha há quatro anos, no entanto, nesta gestão, a conclusão do empreendimento foi concedido à Bahia Mineração (Bamin), empresa de capital cazaquistanês proprietária de uma mina de minério de ferro em Caetité.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas Notícias