23.9 C
Guanambi
21 C
Vitória da Conquista

Boletim de Urna: Bolsonaro recebe quase 85% de votos em cidade do Japão, Lula vence na Coreia do Sul

Mais Lidas

https://materiais.henet.com.br/guanambi

Assim como no primeiro turno, o presidente Jair Bolsonaro (PL) foi o mais votado entre os brasileiros que moram no Japão. A eleição no país asiático foi finalizada às 5h, no horário de Brasília. Também foi finalizada a eleição em Seul, na Coreia do Sul, onde Lula foi o mais votado.

Em Nagoya, Bolsonaro recebeu 3.488 votos (84,7%) contra apenas 651 votos (15,7%) de Lula. (corrigido após conferência detalhada dos boletins).

Os boletins anexados nas seções foram fotografados e publicados nas redes sociais por brasileiros que esperaram o fim da votação.

No primeiro turno, o atual presidente já havia alcançado quase 80% dos votos válidos nesta cidade.

Em Oizumi, Bolsonaro venceu 4.738 votos (83,9%) contra 909 votos (16,1%) de Lula.

São 104 locais de votação no Japão e 76.570 brasileiros residentes no país tem direito ao voto, constituindo-se no terceiro maior colégio eleitoral fora do Brasil, atrás apenas de Portugal, com 80.896 eleitores e Estados Unidos, com 182.987.

Além de Nagoya e Oizumi, as seções foram distribuídas nas cidades de Tóquio, Ueda (Nagano), Joso (Ibaraki), Toyohashi (Aichi), Suzuka (Mie), Hiroshima (Hiroshima), Takaoka (Toyama) e Hamamatsu (Shizuoka).

Coreia do Sul

Já a Coreia do Sul tem apenas uma seção eleitoral, com 376 eleitores aptos, dos quais, 213 compareceram. Lula teve 126 votos (64,3%) contra 70 (35,7%) votos de Bolsonaro. Foram 17 votos brancos ou nulos.  No primeiro turno, o petista conquistou 130 votos (62,8%) e Jair Bolsonaro recebeu 53 (25,6%).

Antes da votação ser finalizada nos países asiáticos, Nova Zelândia e Austrália, na Oceania, tiveram a votação concluída. Lula venceu nas quatro urnas de Wellington e também nas urnas de Sidney, Camberra e Brisbane.

Brasileiros no Exterior

Cerca de 4,4 milhões de brasileiros vivem no exterior, de acordo com dados do Ministério das Relações Exteriores. Entre eles há 697 mil inscritos para votar fora do país, ou seja, eles representam apenas uma pequena fração do total de votos, já que há ao todo 156,4 milhões de pessoas aptas a participar da eleição.

O voto no exterior só é possível para o cargo de presidente. A votação ocorre em embaixadas, consulados e repartições diplomáticas espalhadas por 159 cidades de 97 países.

Lista de países que finalizam resultado até o meio dia

  • África do Sul
  • Alemanha
  • Arábia Saudita
  • Austrália
  • Áustria
  • Barein
  • Bélgica
  • Bulgária
  • Catar
  • China
  • Hong Kong (Província da China)
  • Chipre
  • Coreia do Sul
  • Dinamarca
  • Egito
  • Emirados Árabes Unidos
  • Eslováquia
  • Eslovênia
  • Espanha
  • Estônia
  • Filipinas
  • Finlândia
  • França
  • Grécia
  • Holanda
  • Hungria
  • India
  • Indonésia
  • Irã
  • Israel
  • Itália
  • Japão
  • Jordânia
  • Kuwait
  • Líbano
  • Luxemburgo
  • Malásia
  • Moçambique
  • Namíbia
  • Nepal
  • Noruega
  • Nova Zelândia
  • Omã
  • Palestina
  • Polônia
  • Quênia
  • República Tcheca
  • Romênia
  • Rússia (Federação Rússia)
  • Singapura
  • Suécia
  • Suíça
  • Tailândia
  • Taiwan
  • Tanzânia
  • Timor Leste
  • Turquia
  • Vietnã
  • Zâmbia

Veja também:

https://agenciasertao.com.br/2022/10/30/boletim-de-urna-lula-venceu-com-727-entre-eleitores-brasileiros-que-moram-na-nova-zelandia/

 

https://agenciasertao.com.br/2022/10/30/boletim-de-urna-lula-vence-entre-brasileiros-de-cidades-da-australia/

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas Notícias