22.4 C
Guanambi
18.3 C
Vitória da Conquista

Insatisfeitos com resultado das eleições bloqueam rodovias na Bahia e mais sete estados

Mais Lidas

https://materiais.henet.com.br/guanambi

Caminhoneiros bolsonaristas, inconformados com a derrota do atual presidente nas eleições deste domingo (30), estão bloqueando estradas em várias partes do país. Os bloqueios são protestos pela derrota de Jair Bolsonaro nas ruas.

Até o início da madrugada desta segunda-feira (31), havia registro de bloqueios em rodovias dos estados de Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Rio Grande do Sul, Goiás e Bahia.

Em Luís Eduardo Magalhães, no Oeste Baiano, uma das duas únicas cidades do estado onde Lula (PT) não saiu vitorioso, manifestantes bloquearam a BR-020, queimando pneus e fechando a passagem com caminhões

Um manifestante justifica que o protesto ocorre porque eles acreditam que a eleição foi “corrupta, cheia de problemas e cheia de confusão” e que “entregar o Brasil para Lula é o mesmo que morrer”, disse.

Santa Catarina, onde Bolsonaro conquistou ampla votação,  é o estado com maior registro de bloqueios, afetando a BR-101, em Palhoça, na Grande Florianópolis, e Joinville, no Norte. E também em Rio do Sul, no Vale do Itajaí, na BR-470.

Os manifestantes pedem intervenção militar contra a vitória de Lula. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) ainda não prestou informações oficiais sobre a situação das rodovias em todo o país.

Luís Inácio Lula da Silva, o Lula (PT), foi eleito aos 77 anos para o seu terceiro mandato ao conquistar mais de 60 milhões de votos e superar a votação de Jair Bolsonaro (PL), que terá que deixar a presidência em 31 de dezembro.

O atual presidente foi dormir sem se pronunciar oficialmente reconhecendo a derrota nas urnas.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas Notícias